https://emac.autosolucoes.pt/

Mulher e homem detidos por jogo ilegal

 COMUNICADO DE IMPRENSA20 de dezembro de 2021

O Comando Territorial de Braga, através do Destacamento Territorial de Barcelos, no dia 18 de dezembro, deteve uma mulher de 18 anos por exploração de jogo ilegal e um homem de 43 anos pela prática de jogo ilegal, no concelho de Vila Nova de Famalicão.

No decorrer de uma ação de fiscalização de combate à exploração de jogos de fortuna e azar de forma ilícita e em locais não autorizados para o efeito, os militares da Guarda fiscalizaram um estabelecimento onde detetaram dois tablets, em funcionamento, que reproduziam jogos de fortuna e azar. Na sequência das diligências policiais foi detida a funcionária do estabelecimento e um homem que naquele momento se encontrava a jogar num dos dispositivos.

Os suspeitos foram detidos, e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Foram ainda fiscalizados mais quatro estabelecimentos, no concelho de Barcelos, tendo a Guarda detetado e apreendido diversos equipamentos destinados à exploração de jogos de fortuna e azar, tendo sido elaborados os respetivos autos pela sua exploração e apreendido o seguinte material:

·         Dois tablets;

·         Dois telemóveis;

·         Quatro computadores;

·         Uma máquina árcade;

·         Uma máquina de multijogos;

·         Uma roleta dissimulada em máquinas distribuidora de chocolates;

·         302 euros em numerário.

As ações contaram com a colaboração da Inspeção Geral de Jogos (IGJ).

A GNR relembra que a dependência no jogo é reconhecida como uma patologia, sendo necessário estar alerta aos sinais que revelem a adição do jogador, pois é comum que aqueles que sofrem desta perturbação ponham em risco o seu trabalho e contraiam dívidas, acabando por inviabilizar a sua interação com a sociedade e adotar um comportamento autodestrutivo. É por este motivo, fundamental, uma fiscalização contínua e presente neste âmbito, de forma a sinalizar as pessoas com esta dependência, e reprimir quem utiliza e explora, de forma descontrolada e dissimulada, este tipo de equipamentos ou promove jogos de fortuna ou azar.

Leia também...