Select Page

Ministro da Economia elogia Invest Santo Tirso (C/ Vídeo)

Em maio de 2015, a Câmara Municipal criou o Invest Santo Tirso, com o intuito de alavancar a fixação de novas empresas na sua área territorial e apoiar os empresários que escolheram Santo Tirso para criar postos de trabalho e dinamizar a economia local e regional.

A sessão comemorativa do primeiro aniversário do Invest Santo Tirso contou com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que quis conhecer, in loco, o “plano estratégico que está a apoiar quem quer investir”. “Visitei uma empresa de calçado de Santo Tirso, que estava a terminar um investimento e a começar outro. Um empresário que acredita em Portugal e que está a investir em Santo Tirso em nova capacidade e em criar novos empregos”, afirmou.
Caldeira Cabral denotou “a confiança dos investidores” em Portugal, tendo registado “um número recorde em incentivos do Portugal 2020, nunca visto em quadros anteriores”. “Três mil quinhentas e cinquenta e duas empresas a concorrem a incentivos em apenas dois meses. Mais de três mil milhões de intenções de investimento. Temos é que colocar esse investimento no terreno. Estamos a ter também interesse de investimento internacional, de 49 milhões, cujos incentivos foram aprovados hoje”, completou.
Para Joaquim Couto, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, o aniversário do Invest Santo Tirso e a presença do ministro tem “um significado muito importante”, porque “é caucionar o trabalho que têm vindo a desenvolver para promover o investimento, acolher os empresários e criar os mecanismos de simplificação das burocracias”. “Temos resultados para apresentar e o senhor ministro disse que a Câmara Municipal de Santo Tirso está sintonizada com a política global do Governo e está no bom caminho”, salientou.
A sessão ficou ainda marcada pela assinatura de protocolos de cooperação com a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal e a Associação Selectiva Moda, que representam uma “ligação entre a Câmara, as associações empresariais e os empresários”, de onde podem surgir “investimentos importantes para o Município”. Além disso, Joaquim Couto pretende transformar, “a médio prazo”, a Fábrica de Santo Thyrso num “centro de negócios”, dada a presença de “indústrias criativas”, como a IMOD, havendo, “no futuro, a possibilidade das startup e dos jovens de trabalharem na indústria têxtil”, para que tenham “a possibilidade de as suas ideias e negócios entrarem na economia”.
Já com as empresas ADA Fios, Casa dos Reclamos e Têxteis Hotelar foram assinados os protocolos de benefícios fiscais, que lhes dão o estatuto de Empresa de Interesse Municipal. Trata-se de apoios a “empresas que estão a investir no município”, que lhes dá acesso a “um conjunto de reduções ou isenções de impostos ou de licenças” e implica a criação de postos de trabalho.

Invest Santo Tirso apoia a dinamização económica e o empreendedorismo

O Invest Santo Tirso dispõe de “um atendimento verde e prioritário” aos investidores, prestando uma informação sobre os incentivos financeiros e terrenos disponíveis e fazendo a receção e encaminhamento de pedidos para a obtenção do estatuto de “Empresa de Interesse Municipal”. Ao obter o estatuto de Empresa de Interesse Municipal, os investidores dispõem de vários apoios, desde acompanhamento prioritário e centralizado de todos os atos administrativos, bem como redução ou isenção de impostos e taxas municipais.
Entre as suas várias vertentes, o INVEST Santo Tirso inclui uma Bolsa de Terras, a IMOD – Incubadora de Moda e Design, uma incubadora de base tecnológica e, mais recentemente, uma equipa fixa de trabalho. A Câmara Municipal de Santo Tirso tem projetos em curso, para a criação de novas valências para a Fábrica de Santo Thyrso, desde um núcleo de formação profissional da fileira do Têxtil e Vestuário, uma Tecidoteca e um Centro de Artes Alberto Carneiro.
Joaquim Couto salientou “a importância do tecido empresarial do concelho”, mencionando que “o ano passado o volume de exportações das empresas de Santo Tirso foi na ordem dos 540 milhões de euros”. Já este ano, vão ser investidos no Município “muitas dezenas de milhões de euros”, através de “fundos comunitários e dos acionistas das respetivas empresas”. Um investimento que também se materializa em “muitas centenas de postos de trabalho”.

aniversário Invest Santo Tirso 146

A visita do ministro da Economia ao concelho de Santo Tirso contou ainda com a inauguração das novas instalações da empresa Macosmi, situada em Vila Nova do Campo. Com quase duas décadas de existência, a empresa tem cerca de 180 trabalhadores e exporta 94 por cento do que produz para países da Europa, Estados Unidos e América do Sul.
No showroom da empresa, o ministro da Economia e o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso puderam comprovar a qualidade do calçado da Macosmi. Houve ainda tempo para visitar as instalações que futuramente vão acolher a sede da marca própria Coqueterra.

aniversário Invest Santo Tirso 77

 

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização