Auto Soluções

MINISTRA DA COESÃO TERRITORIAL “SENSIBILIZADA” PARA NECESSIDADE DA VARIANTE À EN 105 (c/video)

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, visitou hoje as obras da empreitada de ligação à Zona Empresarial de Fontiscos e Nó da Ermida, deixando a garantia de que está “sensibilizada” para a necessidade de construção de uma variante à Estrada Nacional 105, que ligará o nó da A3 à A41. 

Ana Abrunhosa realçou a “dinâmica de investimento privado” que está a acontecer em Santo Tirso, considerando que a empreitada de ligação à Zona Empresarial de Fontiscos e Nó da Ermida “é uma questão de justiça e de necessidade”. 

“O que se faz com este investimento público é acompanhar o investimento privado com enorme dinâmica a que assistimos aqui em Santo Tirso”, disse a ministra, durante a visita que a levou à Zona Empresarial da Ermida, após uma reunião, nos Paços do Concelho, com o presidente da Câmara Municipal, Alberto Costa. 

Sobre a futura variante à EN 105, Ana Abrunhosa recordou um outro encontro de trabalho com Alberto Costa, que aconteceu recentemente em Lisboa, “onde este assunto esteve em cima da mesa”. 

“Vou totalmente sensibilizada, porque o que o senhor presidente pede são condições de escoamento e de ligação deste território a eixos estruturantes, para depois levar as mercadorias, seja por porto marítimo ou autoestrada, para o resto do mundo”, salientou. 

Segundo a ministra da Coesão Territorial, Santo Tirso é, “geograficamente, um território muito atrativo”, pelo que considerou que, “a partir do momento em que temos certos setores de atividade no território, estes atraem outras empresas, e o investimento público deve acompanhar o investimento privado”. 

De acordo com Ana Abrunhosa, o objetivo da visita a Santo Tirso foi, precisamente, “perceber a importância de ligarmos estas zonas industriais e a necessidade das ligações aos eixos estruturantes”. Uma aposta que – disse – permitirá criar “condições de competitividade às empresas”.  

A acompanhar a ministra durante toda a visita, o presidente da Câmara Municipal destacou a “grande proximidade” evidenciada pelo Governo em relação às autarquias, dando como exemplo o facto de, num curto espaço de tempo, Santo Tirso ter recebido o primeiro-ministro e vários ministros e secretários de Estado. “Uma demonstração de proximidade, mas também de ações concretas e não apenas palavras”, disse. 

Alberto Costa sublinhou o “crescimento exponencial” das zonas empresariais em Santo Tirso, lembrando os “mais de 500 milhões de euros” ali investidos, nos últimos anos, que têm sido acompanhados pelo Município e pelo Governo com a realização de obras públicas. 

É esse investimento público que o autarca pretende continuar a ver acontecer no concelho, dando como exemplo a construção da variante à EN 105, que tem sido uma aposta sua no diálogo com o Governo. 

No âmbito da visita a Santo Tirso, a ministra Ana Abrunhosa realizou uma palestra sobre o Acordo de Parceria Portugal 2030 direcionada aos quadros superiores da Câmara Municipal. Deslocou-se, também, à Fábrica de Santo Thyrso, onde conheceu o Centro de Arte Alberto Carneiro. 

Leia também...