https://autosolucoes.pt/

MIEC CELEBRA CINCO ANOS COM EXPOSIÇÃO DE MARIA BEATITUDE

A celebrar, esta sexta-feira, cinco anos da inauguração da nova sede, o Museu Internacional de Escultura Contemporânea (MIEC) recebe uma nova exposição que assinala o arranque das comemorações. “Maria Beatitude – Percurso Remémoro” é inaugurada às 19h30 e integra a programação de aniversário que se estende até dia 23.          

“Percurso Remémoro” é o nome da exposição que assinala os cinco anos da inauguração da nova sede do Museu Internacional de Escultura Contemporânea (MIEC), um projeto da coautoria dos arquitetos Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura.

O trabalho da artista plástica Maria Beatitude poderá ser visitado até 3 de setembro e reúne um conjunto de pinturas e instalações artísticas apresentados de forma metafórica. A exposição, que tem inauguração marcada para as 19h30, retrata um percurso de memórias e vivências que estabelecem paralelismos com o trabalho de atelier ou a passagem do tempo. “Thoughts”, “365 dias à beira mar” e “arquivo particular de vida” são alguns dos trabalhos da artista que integram a exposição.

Este é, de resto, um dos pontos altos das comemorações do quinto aniversário do MIEC que decorrem, este ano, de forma a cumprir todas as normas de segurança estabelecidas pelas autoridades sanitárias face à pandemia da Covid-19.

Para sábado, dia 22 de maio, está marcada uma visita guiada pelas esculturas da cidade, com saída do museu às 10h30. A inscrição é obrigatória e pode ser feita por telefone, através do 252 830 410, ou enviando um email para museus@cm-stirso.pt.

Às 16h00, o realizador Joaquim Pavão volta a Santo Tirso para a exibição do filme “Antes que a noite venha. Falas de Antígona”, premiado em Nova Iorque com quatro distinções nos “Red Carpet Film Awards”. Joaquim Pavão, realizador da obra cinematográfica “Sculp”, criada em torno das esculturas do acervo do MIEC, será também o protagonista da conferência “Sobre os limites da frase” que irá decorrer no auditório do MIEC, após a transmissão do filme.

A encerrar o dia será lançado o E-book “MMAP l MIEC_2016-2021. Mediação Cultural: programação, espaços, meios e estratégia”, que compila toda a história dos primeiros cinco anos da sede do museu.

Programação para os mais novos

O domingo, dia 23 de maio, é dedicado aos mais pequenos e inclui duas sessões de teatro para crianças. “Natureza em volta”, cuja criação e interpretação é da autoria Vera Alvelos e paisagem sonora de Rui Lucena tem a primeira sessão marcada para as 11h00, voltando a entrar em cena no auditório do museu pelas 15h00.

Com uma lotação limitada a 17 pessoas, a peça é destinada a famílias e a marcação deve ser feita através do 252 830 410 ou museus@cm-stirso.pt.

Leia também...