Melhoramentos proporcionam conforto a alunos avenses

A Câmara Municipal de Santo Tirso intervencionou a frente da Escola Secundária D. Afonso Henriques, em Vila das Aves, correspondendo a uma velha aspiração da associação de estudantes.

O presidente da associação de estudantes, André Fernandes, recordou que esta é “a obra mais importante nesta escola”, porque “durante o inverno chuvoso, de frio e vento”, os alunos não tinham onde se abrigar enquanto estavam à espera dos transportes públicos. Agora, já estão “mais abrigados das intempéries”, frisou.
Num investimento municipal de “cerca de 45 mil euros”, a empreitada envolveu, entre outras intervenções, a construção de uma paragem de autocarros, a implementação da circulação em sentido único, e o levantamento e reposição de pavimentos.
Esta quarta-feira, 18 de janeiro, o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, realizou “uma visita simbólica” à empreitada, para “assinalar um pequeno investimento que resolve grandes problemas”. Joaquim Couto recordou que, “há dois anos, numa visita à escola”, a Associação de Estudantes e a direção da escola chamaram-lhe “a atenção para a dificuldade que havia em tomar os transportes, sobretudo no inverno por causa do mau tempo, e da facilidade de fazer um pequeno arruamento com um abrigo coletivo para que houvesse maior conforto e a possibilidade de tomar os meios de transportes adequadamente”.
Rui Sousa, diretor do Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, afirmou que este era “um projeto muito pedido principalmente pelos alunos e encarregados de educação”, porque, “principalmente às 8.30 horas e às 13.20, o movimento é muito intenso”. A realização da empreitada, contou, “vem libertar muito o trânsito nesta fase”, já para não falar que “era uma vergonha” uma “escola com mais de 20 anos não ter uma paragem de autocarros”.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização