https://emac.autosolucoes.pt/

Mário Passos sucede a Paulo Cunha em Famalicão, com coligação a manter poder autárquico com menos um vereador. PS ganha mais um eleito

Mário Passos foi eleito presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, mantendo a coligação PSD/CDS-PP – Mais Ação Mais Famalicão – a liderar a autarquia.

A vitória (40.143 votos) foi bem menos expressiva que a de Paulo Cunha, há quatro anos, com a coligação a angariar menos 11.292 votos, traduzidos em menos um vereador eleito.

O PS foi a segunda força política mais votada (24.409 votos), com mais 6517 votos que em 2017, elegendo quatro vereadores.

Destaque para o facto de o Chega, na primeira candidatura, assumir-se como terceira força política, ao conseguir 2,82% (2143 votos) para a Câmara Municipal.

A Assembleia Municipal continuará a ter Nuno Melo (PSD/CDS-PP) como presidente. A coligação elegeu 20 deputados (menos três que em 2017), o PS 13 (mais três), o Chega um e a CDU um. O Bloco perde o eleito e a representatividade na Assembleia Municipal.

Leia também...