Marcelo inaugura Centro Português do Surrealismo

São mais de três mil as obras ligadas ao surrealismo português que integram a coleção da Fundação Cupertino de Miranda e que a partir do dia 1 de junho vão estar patentes ao público de uma forma rotativa no Centro Português do Surrealismo. Este novo espaço cultural é inaugurado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em Vila Nova de Famalicão.

Leia mais na edição papel nº132 do Jornal do Ave.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização