Select Page

Manuel Antunes deixa comando dos Bombeiros de Riba de Ave

Manuel Antunes deixa  comando dos Bombeiros de Riba de Ave

Manuel Antunes esteve 48 anos ao serviço dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave, 27 dos quais como comandante da corporação. No sábado, dia 20, passou para o quadro de honra da Associação Humanitária, ao mesmo tempo que Luís Abreu passou a 2.º comandante e Joaquim Faria a adjunto do comando.

Um dia marcante para a história da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave. Manuel Antunes, um homem a quem sobressai a “humildade”, diz a presidente da Associação Humanitários dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave, Maria José Gonçalves, foi homenageado pelas quase cinco décadas de serviço aos soldados da paz. O até então comandante dos Bombeiros de Riba de Ave despede-se fazendo “um balanço positivo” do seu percurso. “Acho que fiz o meu melhor. Sinto-me orgulhoso”, afirmou. Agora, guardará no álbum das memórias as “boas recordações”, uma vez que, apesar de “fisicamente” se sentir “capaz para permanecer mais uns anos”, a lei impõe que o limite de idade para a permanência do quadro de comando são os 65 anos.
Para a presidente da direção da corporação ribadavense, Manuel Antunes “é um grande exemplo”. “O corpo de bombeiros que temos hoje, e que muito nos orgulha, é trabalho do comandante. Foi ele que o moldou e o construiu, sempre com muita humildade competência, dedicação e disponibilidade”, frisou.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição n.º119 do JA

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização