Select Page

Mais de 700 atletas no Duatlo de Famalicão (c/vídeo)

Rui Dolores, da equipa Amiciclo Grândola, e Pauline Vie, do Alhandra Sporting Club, sagraram-se campeões nacionais de Duatlo Cross. O Campeonato Nacional Individual de Duatlo Cross integrou a 8.ª edição do Duatlo de Vila Nova de Famalicão, que se realizou a 6 de maio, com partida e chegada do Parque da Devesa.

O Duatlo de Vila Nova de Famalicão foi promovido pela Associação Amigos do Pedal, autarquia famalicense e a Federação de Triatlo de Portugal. A prova contava com uma corrida em estrada de cinco quilómetros, seguindo-se 18 quilómetros de BTT e uma segunda corrida de 2,5 quilómetros no Parque da Devesa.
Para Rui Dolores, campeão nacional de Duatlo Cross, esta foi “uma prova bastante concorrida” e que apresentou “um bom percurso”. Também a campeã nacional Pauline Vie considerou que o “percurso foi muito giro”, em que o ambiente e a organização eram “muito bons”, e estava “muito bem indicado”com “muitos voluntários ao longo do percurso sempre a apoiar para estimular”.
Paulo Machado Ruivo, presidente da Associação Amigos do Pedal, fez um “balanço extremamente positivo” desta prova, que, este ano, integrou o Campeonato Nacional, o que foi “uma situação nova”. “Quer a Federação como os atletas adoram o evento, a ideia de ir à cidade, o percurso de BTT, que foi muito bem conseguido e com dificuldade quanto baste para fazer diferença entre eles, e adoraram esta chegada, que talvez tenha sido das mais bonitas até hoje”, completou.
O presidente afirmou que ainda “é prematuro” dizer se o Campeonato Nacional vai se manter no próximo ano. “Eu não estou tão certo que vamos repetir como uma prova só. Podemos trazer o Campeonato Nacional, como a Federação quer, mas eventualmente em dois dias. Imagine uma no sábado e outro no domingo. Acho que não consegui dar o brilho necessário aos não federados, nem a atenção necessária aos federados”, justificou.
Já Fernando Correia, vice-presidente da Federação de Triatlo de Portugal para o quadro competitivo, explicou que a realização deste Campeonato Nacional em Vila Nova de Famalicão é uma forma de “agradecer e premiar” a organização da Associação dos Amigos do Pedal, por realizar o Duatlo.
Também Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, participou no Duatlo, que, para si, “correu bem, numa manhã agradável, com muita gente a fazer uma prova que é característica em Famalicão”. “As provas desportivas hoje, um pouco por todo o lado, são uma forma de atrair pessoas para que visitem os concelhos. E Famalicão, felizmente, está na vanguarda dessas provas. O que há muitos anos se faz aqui são exemplos que outros concelhos têm que seguir entretanto e são uma manifestação de que o fenómeno desportivo é atrativo”, referiu.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização