https://www.facebook.com/associacaocomercialindustrialsantotirso/

https://muroplaco.pt/pt

Índice de qualidade da água abastecida em Santo Tirso e Trofa ultrapassa os 99%

Avaliada anualmente e em todo o país, a segurança da água da torneira é, em Santo Tirso e na Trofa, de 99,83%. O valor, divulgado pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água, está acima da média nacional, que se aproxima dos 99% (98,66%).

A qualidade da água da torneira em Santo Tirso e na Trofa continua a ser reconhecida pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR) como “boa”, ou seja, superando os 99% no índice de qualidade. Em 2019, esta classificação repetiu-se, já que, no indicador de água segura, ambos os concelhos chegaram aos 99,83%, o que reforça a confiança na água distribuída pela INDAQUA.

Os dados constam do mais recente relatório “Controlo da Qualidade da Água para Consumo Humano”, publicado anualmente pela ERSAR, responsável por todo o setor da água. O mesmo documento mostra que a INDAQUA realizou mais de 1.550 análises em Santo Tirso e na Trofa, sendo estas efetuadas por laboratórios independentes acreditados. O relatório relembra ainda que, em Santo Tirso, a rede pública de abastecimento chega a mais de 40 mil habitantes, distribuindo 4.558 m3 de água por dia. Na Trofa, a rede abrange mais de 27 mil habitantes e um volume diário de 2.920 m3.

“Há 21 anos presente em Santo Tirso e na Trofa, a INDAQUA assenta no aumento da qualidade da água, do serviço prestado e ainda da eficiência na gestão das redes, as linhas orientadoras do trabalho desenvolvido, que permite levar água 24 horas por dia às habitações de ambos os concelhos. Abrir a torneira e beber água da rede pública tornou-se um gesto seguro para cada vez mais habitantes, já que a taxa de cobertura de serviço nestes municípios começou nos 28%, sendo agora de 95%”, revela Anabela Alves, diretora geral da INDAQUA Santo Tirso/Trofa.

Para além de Santo Tirso e da Trofa, todos os outros concelhos em que a INDAQUA mantém operação tiveram classificações muito elevadas por parte da ERSAR (Santa Maria da Feira 100%; Matosinhos 100%; Vila do Conde 99,89%; Oliveira de Azeméis 99,56%; Fafe 99,49%).

A mesma entidade, ainda em 2019, atribuiu à INDAQUA sete prémios pela qualidade, abastecimento e uso eficiente da água e também pela excelência na gestão de saneamento de águas residuais, fazendo desta a empresa com mais premiada em todo o país.

Leia também...