https://emac.autosolucoes.pt/

Habitações Municipais de Rebordões ganham maior eficiência energética

Estão terminadas as obras de beneficiação e requalificação dos Edifícios de Habitação Municipal, em Rebordões. A intervenção insere-se num investimento mais alargado que pretende recuperar todas as habitações municipais do concelho, tornando-as energeticamente mais eficientes.

A Habitação Municipal de Rebordões insere-se, agora, no leque de Complexos Habitacionais já intervencionados pelo Município de Santo Tirso.  O investimento, na ordem dos 350 mil euros, veio garantir uma maior eficiência energética e conforto para os moradores.

“Nós, enquanto Câmara Municipal, temos vindo a dar o exemplo no que diz respeito à importância de garantir o conforto térmico das habitações municipais”, adianta o presidente da Câmara, Alberto Costa. O autarca defende ser “imperativo acabar com a pobreza energética”, já que “as pessoas têm o direito de viver em casas com boas condições, sem humidades, sem deficiências no isolamento e onde não seja necessário gastar parte do orçamento familiar para manter a casa quente”.

A intervenção incluiu a aplicação de reboco térmico nas paredes exteriores, o reforço do isolamento térmico da cobertura do edifício, assim como a substituição de todas as caixilharias existentes por PVC equipado com vidro duplo e do esquentador por uma bomba de calor para preparação de água quente.

Para além do impacto na qualidade de vida da população, a intervenção assegura, também, uma maior proteção do meio ambiente, já que garante a redução das emissões de dióxido de carbono.

Construído em 2005, o Complexo Habitacional de Rebordões é constituído por um edifício de quatro pisos com cinco blocos, num total de 36 frações onde vivem, atualmente, 80 pessoas.

A obra insere-se num plano mais alargado, que está a dotar todas as habitações municipais de condições semelhantes.

Leia também...