Select Page

Grupos etnográficos e ranchos marcam celebrações dos Reis

Grupos etnográficos e ranchos marcam celebrações dos Reis

Os ranchos folclóricos e os grupos etnográficos do concelho de Santo Tirso vão cantar os Reis, entre sexta-feira e domingo.
Catorze grupos etnográficos e ranchos folclóricos vão marcar as celebrações do Dia de Reis, em Santo Tirso.
Devidamente trajados, os ranchos e grupos interpretam cantares de Natal, numa iniciativa que pretende “perpetuar uma tradição muito enraizada em Santo Tirso”.
As celebrações começam esta sexta-feira, 9 de janeiro, pelas 21 horas, com o átrio da Câmara Municipal a acolher o Grupo Etnográfico de São Paio de Guimarei, o Grupo Folclórico de S. Martinho do Campo, o Grupo Folclórico de Santa Cristina do Couto e o Rancho Folclórico de S. Salvador de Monte Córdova.
Pela primeira vez, a Câmara Municipal decidiu descentralizar a iniciativa e levar os concertos até ao Centro Cultural de Vila das Aves. Assim, a partir das 21 horas de sábado, o Centro recebe o Grupo Etnográfico das Aves, o Rancho Etnográfico de Santa Maria de Negrelos, o Rancho Folclórico de S. Mamede de Negrelos, o Rancho Folclórico de S. Tiago de Rebordões, e o Rancho de Santo André do Sobrado.
Já no domingo, pelas 15 horas, atuam no átrio da Câmara Municipal, o Grupo Folclórico Infantil e Juvenil da Ermida, o Grupo Folclórico Santo André, o Rancho Folclórico de S. Pedro de Roriz, o Rancho Folclórico de Santa Eulália de Lamelas e o Rancho Folclórico Rosas de S. Miguel de Vilarinho.

Para o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, é “importante continuar a manter as tradições vivas, mas é também fundamental não esquecer que estas iniciativas devem chegar ao maior número de pessoas possível, e daí terem optado, este ano, por levar as celebrações dos Reis para o Centro Cultural de Vila das Aves”.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização