Grupo de peregrinos cede 100 colchões para centros de acolhimento

O grupo de peregrinos de Vila Nova do Campo cedeu cem colchões utilizados normalmente no período de peregrinação a Fátima, em maio, para equipar centros de acolhimento temporário de Santo Tirso.

Segundo Hélder Marques, responsável pelo grupo, a autarquia contactou no sentido de ter acesso aos colchões para equipar as valências montadas para combater a pandemia de Covid-19. O grupo aceitou emprestá-los, uma vez que não vai haver peregrinação mariana, em maio.

O grupo estuda agora a possibilidade de cumprir a peregrinação em outubro, no entanto, a decisão será tomada em meados de agosto e dependerá do estado de saúde pública do país.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem