GNR detém homem por violência doméstica

O Comando Territorial do Porto da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto, deteve, ontem, um homem com 44 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Santo Tirso,

“Na sequência de um processo crime por violência doméstica, a GNR apurou que o suspeito viveu com a vítima, sua ex-companheira, de 42 anos, durante 19 anos. Durante o relacionamento, o suspeito dirigia injúrias e maus tratos psicológicos à vitima, o que originou a separação. O suspeito, não concordando com o fim do relacionamento, passou a dirigir ameaças de morte à vítima, bem como aos seus familiares, fazendo referências a armas de fogo que teria na sua posse, sendo que, nos últimos dias, o agressor moveu uma perseguição à vítima e, junto da residência da mesma, ameaçou-a, fazendo com que agora viva num clima de medo constante”, referiu a Guarda em comunicado.

Com recurso a um mandado de busca domiciliária, os militares apreenderam uma arma de fogo, de calibre 6,35mm, um silenciador, duas armas elétricas e 26 munições.

O detido foi presente a 1.º interrogatório judicial ao Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foram aplicadas como medidas de coação o afastamento e proibição de contacto por qualquer meio com a vítima e demais familiares bem como apresentações quinzenais no posto policial da área de residência.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem