GNR de Vila das Aves apreende máquinas de jogo ilegal

Os militares da GNR de Vila das Aves, identificaram uma mulher de 41 anos, pelo crime de exploração de jogo ilegal, no concelho de Santo Tirso, esta quarta feira, 5 de agosto.

No âmbito de um inquérito pela suspeita de prática do crime de exploração de jogo ilegal, os militares da Guarda realizaram uma fiscalização a um estabelecimento de restauração e bebidas, onde detetaram e apreenderam três máquinas de jogo ilegal.

A investigação foi despoletada com base em diversas denúncias, de que estariam a jogar ilegalmente a dinheiro num estabelecimento, o que poderia estar a causar diversos problemas financeiros no seio de algumas famílias.

A suspeita, exploradora do estabelecimento, foi identificada e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.

A GNR relembra que a dependência no jogo é reconhecida como uma patologia, sendo necessário estar alerta aos sinais que revelem a adição do jogador, pois é comum que aqueles que sofrem desta perturbação ponham em risco o seu trabalho e contraiam dívidas, acabando por inviabilizar a sua interação com a sociedade e adotem um comportamento autodestrutivo.

É por este motivo, fundamental, uma fiscalização contínua e presente neste âmbito, de forma a sinalizar as pessoas com esta dependência, e reprimir quem utiliza e explora, de forma descontrolada e dissimulada, este tipo de equipamentos ou promove jogos de fortuna ou azar.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem