Auto Soluções

Garcia Garcia escolhida pela Finieco para ampliação da sua unidade industrial em Santo Tirso

Com o objetivo de alavancar a capacidade produtiva e logística e elevar os seus níveis de eficiência no mercado, a Finiecoum dos principais players europeus do setor de soluções de packaging comercial e alimentarentregou à Garcia Garcia, o projeto de design & build para a ampliação da sua unidade de produção, no Parque Empresarial da Ermida,em Santo TirsoEspecializada em edifícios industriais e logísticos, a construtora nacional tem a cargo a execução da obra, cujo projeto se desenvolve em duas fasesA primeirajá concluídaincidiu na ampliação da área de produção e a segunda fasejá iniciadaprevê a construção de um moderno armazém automático. Com este projeto as duas empresas voltam a reforçar uma relação de parceria, pautada nos últimos anos por diversos projetos em que colaboraram mutuamente.

O forte investimento em inovação e tecnologia, assim como a aposta na sustentabilidade da sua operação tornam a Finieco numa referência do setor do papel e do packaging. Com o desenvolvimento registado pela empresa nos últimos anos, pautado por um incremento significativo da procura atual e da procura que projeta, tendo em conta a alteração dos padrões dos consumidores que procuram uma alternativa ao plástico, a empresa avançou para o desenvolvimento da sua unidade fabril, elegendo a Garcia Garcia como parceiro para esta expansão.

Projeto exigente desenvolvido em duas fases

O projeto traçado pela Garcia Garcia dividiu-se em duas fases distintas, sendo a primeira relativa à ampliação da área de produção e a segunda centrada na construção de um moderno armazém automático.

A primeira fase de execução do projeto, já concluída, consistiu na construção de uma unidade fabril com 3.200 mdestinada à produção. O principal desafio nesta fase de obra passou por minimizar os constrangimentos na cadeia de abastecimento da construção, resultantes da crise global de logística e das matérias-primas, consequência do contexto de pandemia. Para garantir o sucesso do projeto e não comprometer os prazos do mesmo, foi necessário implementar um planeamento apertado, com um cumprimento rigoroso dos trabalhos e dos prazos estabelecidos.

No que concerne à segunda fase do projeto, já iniciada, a mesma consiste na construção de nave industrial de logística com 8.150 m2 e uma altura de 25 m, que irá integrar um armazém totalmente automatizado. Este investimento tem como principal objetivo potenciar a capacidade de armazenagem da Finieco, assim como a eficiência do processo de stockagem e logística, reforçando, consequentemente, o seu posicionamento enquanto líder no mercado.

Igualmente prevista está a construção de novas zonas administrativas e sociais, de suporte à atividade da zona exterior envolvente, assim como a instalação de um avançado Sistema de Combate a Incêndios e todos os arranjos adjacentes, como arruamentos, parques de estacionamento, entre outros.

Fundada em 1998 e instalada em Santo Tirso, a Finieco é uma empresa que produz diariamente mais de dois milhões de embalagens, exportando mais de 90% da sua produção para todos os continentes, tendo presença direta em mais de 40 países, destacando-se o acelerado desenvolvimento no mercado norte-americano.

Leia também...