“Gamelão” puxa pela veia criativa dos famalicenses

Instrumento musical está instalado no Parque da Devesa até ao dia 31 de maio

 

Imagine uma gamela. Agora várias gamelas suspensas e viradas ao contrário. O que pode parecer um simples estendal de gamelas e onde poucos reconhecerão utilidade, é na verdade um poderoso instrumento musical, detentor de uma sonoridade única.

Trata-se do “Gamelão de Porcelana e Cristal”, uma ideia inspirada no milenar gamelão javanês, criada pela Companhia Musical Teatral com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e que os famalicenses vão ter a oportunidade de conhecer e experimentar até ao dia 31 de maio.

As centenas de peças de porcelana e cristal que dão corpo e som ao “Gamelão” fazem deste peculiar instrumento musical uma verdadeira obra de arte, que depois de ter passado por espaços como os Jardins da Fundação Gulbenkian e o Centro Cultural de Belém, está agora instalado no Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão.

Aqui não há regras. Há apenas lugar para a experimentação, para a criatividade e espontaneidade. E foi, precisamente, isso que presenciou o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, quando hoje se juntou ao grupo de alunos da Didáxis de Riba de Ave que esta manhã tiveram a oportunidade de conhecer e experimentar o instrumento musical.

Para o autarca famalicense “esta é uma excelente forma de evidenciar o quão proveitosa é a educação para as artes e o quão importantes são estes projetos para que as pessoas possam fruir e aceder à arte”.

E acrescenta: “quando muito se fala em democratizar a cultura, temos aqui um excelente exemplo de uma ferramenta que pretende proporcionar a todos os cidadãos o acesso a patamares culturais”.

A diretora artística do projeto, Helena Rodrigues, realça o conceito de música de comunidade associado ao projeto. “É cada vez mais importante criar formas de juntar as pessoas em torno de algo, de pôr as pessoas a criar, a perseguir um ideal artístico”.

Para além das sessões destinadas à comunidade educativa do concelho, a passagem do Gamelão pelo município famalicense prevê ainda a realização de workshops gratuitos e abertos ao público em geral, nos fins de semana de 23, 24 , 30 e 31 de maio. As inscrições podem ser efetuadas através do email parquedadevesa@vilanovadefamalicao.org, ou através do número 252 374 184.

Refira-se que vão ainda decorrer várias visitas à exposição com o acompanhamento da equipa do Parque da Devesa. De 18 a 22 de maio, as visitas decorrem das 16h00 às 19h00, de 25 a 28, das 10h00 às 12h00 e das 18h00 às 19h00 e nos dias 23, 24 e 30, entre as 15h00 e as 18h00.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem