FINICIA II é motor de negócio inovador no ramo automóvel

FINICIA II é motor de negócio inovador no ramo automóvel

“O impulso vital que o nosso negócio necessitava”. É desta forma que os primeiros empreendedores beneficiados com crédito ao abrigo do FINICIA II classificam o apoio que lhes vai permitir colocar o seu projeto empresarial na estrada, literalmente.

O contrato de financiamento deste projeto no concelho de Vila Nova de Famalicão, que é o primeiro no âmbito do FINICIA II, fundo de apoio ao investimento em novas micro e pequenas empresas do concelho, foi ontem assinado no Espaço Famalicão Made IN na presença do presidente da Câmara Municipal e dos restantes parceiros do programa.

A CARCARE é uma micro empresa de prestação de serviços na área da reparação e preparação de interiores de automóveis que recorreu ao fundo de 250 mil euros para iniciar atividade e viu o seu pedido de financiamento de 42 mil euros ser aprovado. Nuno Queirós e Rui Fernandes, os sócios gerentes, ambos com experiência neste ramo de atividade, têm agora o caminho aberto para assistirem finalmente à concretização da sua ideia de negócio inovadora. “Esperamos arrancar a 1 de maio e temos a previsão de admitir colaboradores ainda durante este ano”, declara Nuno Queirós.

O crédito aprovado pelo FINICIA II será canalizado para a aquisição de uma carrinha devidamente apetrechada com todas as ferramentas e material de informática, necessários ao desenvolvimento desta atividade empresarial assente num conceito inovador. A CARCARE, sediada em Landim, pretende prestar serviços de reparação e preparação de interiores de automóveis de forma itinerante não só em Famalicão, mas também em cidades próximas.

Paulo Cunha considera o FINICIA II um mecanismo “extremamente útil para os pequenos investidores” e com grande impacto na atividade económica. “As pequenas empresas são decisivas para a sustentabilidade socioeconómica do município”, fundamenta, lembrando que a Câmara de Famalicão participa neste instrumento de financiamento “inovador e atrativo comparativamente aos produtos da mesma natureza que existem no mercado”, com 50 mil euros, sem exigir juros aos empresários.

Para além deste projeto o FINICIA II já recebeu mais seis candidaturas que transitaram para análise final tendo em vista a sua aprovação. O conjunto das sete candidaturas envolve cerca de 220 mil euros de investimento do total de 250 mil euros de que o fundo dispõe. Ou seja, assinala o autarca,“o FINICIA II evidencia a qualidade dos projetos apresentados em vez da quantidade”, fator que o distingue em relação ao anterior programa.

O FINICIA II entrou em vigor a 27 de outubro de 2014 com a assinatura do protocolo financeiro e de cooperação entre o Município de Famalicão, a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Médio Ave, a Norgarante – Sociedade de Garantia Mútua e o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização