https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

Festival Culturíssimo traz Raul Minh’alma e Pedro Chagas Freitas a Santo Tirso

Raul Minh’alma e Pedro Chagas Freitas são dois dos autores que marcarão presença no Festival Culturíssimo, que tem lugar na Fábrica de Santo Thyrso, a 6 e 7 de novembro, das 10h00 às 19h00.

A iniciativa, organizada pela ASAS e pela produtora de eventos 1pouco D’ousadia, tem entrada gratuita e caracteriza-se por ser um festival de Literatura, Arte e Solidariedade, com mercado do livro e espetáculos de teatro e música.

Com cariz solidário, o evento contará com um bar, cuja parte das receitas reverterá para a ASAS.

Raul Minh’alma estará em Santo Tirso no dia 6, às 16h30, para uma sessão de autógrafos, enquanto Pedro Chagas Freitas tem encontro marcado com os leitores, no dia seguinte, às 16h00.

Além dos dois autores que são dos mais vendidos em Portugal, o evento contará com uma sessão de autógrafos da apresentadora de televisão e escritora Fátima Lopes, que apresentará o mais recente livro “Encontrei o Amor Onde Menos Esperava”, a 6 de novembro, às 15h00.

Nuno Caravela, mentor d’ “O Bando das Cavernas”, participa no dia 7, às 15h30. Antes, há uma conversa entre Jorge Pina e Jorge Machado, embaixadores da Ética no Desporto, sobre o papel do desporto na inclusão social.

Há ainda autores com fortes ligações a Santo Tirso a participar no evento, como Eugénio Bezerra, António Assunção, Helena Silveira, Goreti Dias e Manuela Dias.

Mas nem só de literatura se fará o Festival Culturíssimo. Há teatro, com a Companhia de Santo Tirso, que apresentará “Pirilampo”, às 11h00 do dia 7, e fará oficinas e workshops dirigidos a famílias.

Sónia Araújo, madrinha do Festival, estará com o espetáculo musical “As Aulas da Sónia”, às 18h00 do dia 6.

O evento termina com Pequeno David e os Sem Soninho, às 18h00 do dia 7.

Esta é a segunda edição do evento em território luso, que ficará também marcada pela comemoração dos 60 anos de relações diplomáticas entre Portugal e a República da Coreia. Haverá uma exposição inédita sobre o Jikji, método de impressão coreano, que é reconhecido como Património da Humanidade pela UNESCO, assim como jogos e atividades lúdicas com caracteres coreanos.

Estão também agendadas atividades a envolver a língua gestual portuguesa e as línguas francesa e inglesa.

Toda a programação do Festival Culturíssimo pode ser consultada aqui.

Leia também...