https://emac.autosolucoes.pt/

Famalicenses levam toneladas de esperança rumo à Ucrânia

Motorista de profissão e a residir em Famalicão há cerca de 20 anos, Anatoliy Gavryshchuk tem pela frente uma das viagens mais difíceis que já fez até hoje. Com toda a família ainda em território ucraniano, na cidade de Vinnytsia, a mais de 300 quilómetros de Kiev, fez-se à estrada até Chelm, na fronteira entre a Polónia e a Ucrânia, ao volante de um dos três camiões e duas carrinhas que esta segunda-feira de manhã partiram de Famalicão com ajuda humanitária para o povo ucraniano.

A operação SOS Famalicão/Ucrânia já está na estrada e as primeiras 100 toneladas de bens de primeira necessidade – bens alimentares, higiene, primeiros socorros e roupa – doados pela sociedade civil famalicense deverão chegar ao destino dentro de dias.

Esta manhã, no arranque da missão humanitária para a estrada, o Presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, enalteceu a “resposta avassaladora” da sociedade famalicense que está, mais uma vez, a dar uma grande demonstração do seu espírito solidário.

A onda de solidariedade criada em Famalicão para com o povo ucraniano foi também elogiada por Pedro Costa, CEO da Raclac, empresa de fabrico e conceção de dispositivos médicos e produtos de proteção que juntamente com a Câmara Municipal está a recolher e a coordenar a ajuda humanitária no concelho com pontos de recolha de doações em todas as Juntas de Freguesia, em escolas, IPSS’s e outras instituições.

Esta primeira missão conta com o apoio das empresas de transporte KLOG, Transportes Nogueira e AMS, Lda.

Refira-se que o projeto SOS Famalicão/Ucrânia está a decorrer devidamente articulado com a Embaixada da Ucrânia em Portugal.

Leia também...