Select Page

Famalicão vence Cova da Piedade e segura 2.° lugar

Famalicão vence Cova da Piedade e segura 2.° lugar
O Famalicão venceu hoje em casa o Cova da Piedade por 3-1, em jogo da 27.ª jornada da II Liga em futebol, e consolidou o segundo lugar da prova, aproveitando também as derrotas dos perseguidores diretos.

Na estreia de Carlos Pinto como treinador, à passagem do primeiro quarto de hora já o marcador acusava 2-0 para os famalicenses, graças um golo de Fabrício, de grande penalidade, aos cinco, e outro de Anderson, aos 14. Na segunda parte, Stanley ainda reduziu, aos 77 minutos, mas Pathé Ciss fechou a contagem, aos 84.

Com esta vitória, o Famalicão aumentou a vantagem para os perseguidores diretos na luta pela subida de divisão, uma vez que o Estoril Praia perdeu por 3-1 na receção ao Benfica B e a Académica por 2-1 em casa do Arouca.

Com 51 pontos, o Famalicão segue isolado no segundo posto, a nove do líder, o Paços de Ferreira, e com mais cinco e seis relativamente ao terceiro (Académica) e quarto (Estoril Praia) da classificação, enquanto o Cova da Piedade mantém-se acima da ‘linha de água’, mas por pouco.

O Famalicão começou da melhor forma, ao chegar à vantagem logo aos cinco minutos, quando Fabrício concretizou uma grande penalidade que castigou falta de Allef Nunes sobre si próprio, e, aos 14, foi a vez de Anderson aumentar a vantagem, depois de conseguir agarrar uma bola perdida por Amorim.

Na segunda parte a equipa forasteira teve uma oportunidade clamorosa para reduzir a desvantagem, mas Defendi ‘agigantou-se’ e defendeu um pontapé de grande penalidade de Dieguinho, que puniu falta de Luís Rocha sobre Rodrigo, aos 57 minutos.

No lado oposto, Feliz, com um remate à figura aos 74, podia ter aumentado a contagem e ‘arrumado’ o jogo, algo que não aconteceu e a equipa às ordens de Miguel Leal ainda acreditou quando fez o 2-1, num lance confuso e dividido entre Stanley e Ricardo após cruzamento de Hugo Firmino, aos 77.

Os minhotos, apesar de terem feito um jogo pouco agressivo e muito dependente do erro do adversário, acabaram por aumentar a vantagem, por Pathé Ciss, aos 84 minutos.

Lusa

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização