Auto Soluções- Campanha verão 2022

Famalicão vai ter Residência Universitária no centro urbano

“Posso anunciar aqui hoje, em primeira mão, que a Câmara Municipal viu aprovada, nos últimos dias, a sua candidatura para a criação de uma Residência de Estudantes em pleno centro urbano, nas atuais instalações do Departamento do Ambiente do Município”. A novidade foi avançada pelo Presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, no decurso da cerimónia comemorativa do 37.º aniversário da elevação de Vila Nova de Famalicão a cidade, que decorreu no passado sábado, 9 de julho, nos Paços do Concelho.

Num investimento de cerca de três milhões de euros, serão disponibilizadas perto de uma centena de camas destinadas a estudantes bolseiros deslocados e a investigadores em mobilidade, infraestrutura que dará resposta a quatro instituições de Ensino Superior. Para além de constituir o único projeto de Alojamento Estudantil a Custos Acessíveis para a cidade, representa a introdução no mercado de arrendamento local de um novo modelo de oferta em termos de qualidade, tipologia e valor da renda, e, pela sua localização, representa, de igual modo, uma aposta do Município na devolução de novos residentes ao centro urbano da cidade.

Mário Passos reforça a importância do equipamento pelo ângulo da construção da nova cidade de Famalicão, uma cidade “com pessoas, convidativa, acessível, democrática”.

Este equipamento terá o condão de garantir a juventude na presença quotidiana do núcleo urbano de  uma cidade que tem vindo a sofrer um profundo processo de requalificação e reestruturação. “A obra de renovação do Mercado Municipal foi o início de um processo de transfiguração da nossa cidade para novos patamares, com espaço público modernizado, funcional e convidativo”, referiu o edil.  “Hoje, a nossa cidade é esse terreno fecundo, uma cidade sem muros nem ameias. Fruto do maior investimento de sempre em obras de requalificação urbanística, o centro de Famalicão está já praticamente transformado numa nova realidade”, acrescentou.  

O  total de investimento previsto para a residência universitária na candidatura é de 2,9 milhões e é apontado o mês de  setembro de 2024 como data de abertura do equipamento.

“Queremos pessoas no espaço público porque só assim fará sentido todo o esforço despendido”. Para  isso, a Câmara Municipal está a “preparar um programa de animação regular para a nossa cidade. Queremos que os famalicenses venham até à sede do concelho para fazerem as suas compras, mas também para se divertirem e fruírem da vida. Queremos tornar o nosso centro num palco ao ar livre”, refere o edil.

Leia também...