https://covid19.min-saude.pt/

https://muroplaco.pt/pt

Famalicão prolonga serviço de entrega de refeições ao domicílio nos fins de semana e feriados

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em articulação com a Associação de Restaurantes de Famalicão, decidiu prolongar o serviço gratuito de entrega de refeições ao domicílio para os próximos dois fins de semana, incluindo feriados e vésperas, ou seja, o serviço estará disponível nos dias 28, 29 e 30 de novembro e 1 de dezembro, bem como 5, 6, 7 e 8 de dezembro, das 19h00 às 22h30.

A decisão do município surge já depois de o governo ter permitido o funcionamento dos restaurantes em regime take away depois das 13h00 nos dois próximos fins de semana e feriados de 1 e 8 de dezembro.

“O nosso objetivo é continuar a dar razões aos famalicenses para que se protejam e fiquem em casa e ao mesmo tempo, contribuir para a mitigação dos efeitos económicos na restauração provocados pela pandemia”, explica a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Depois de “um balanço muito positivo”, com um  total de 2200 refeições entregues nos últimos dois fins de semana, o município decidiu prolongar a iniciativa que estava em crescendo. De resto, só no último fim-de-semana aderiram ao serviço 58 restaurantes do concelho, numa missão que envolveu 65 estafetas, oito dos quais taxistas que responderam ao desafio lançado pelo município de se associarem à iniciativa.

Esta medida materializa um apoio muito específico do município à restauração do concelho, mas é também mais uma prova de que a união faz a força”, acrescentou o autarca visivelmente satisfeito com a resposta da comunidade famalicense a esta iniciativa.

Refira-se que os restaurantes aderentes estão no site do município em www.famalicao.pt. Aos consumidores, basta contactar o restaurante e encomendar a refeição. A campanha é válida para encomendas de valor superior a 10 euros. O pagamento deverá ser efetuado diretamente ao restaurante por MB WAY ou transferência bancária, não sendo admitidos pagamentos diretamente ao estafeta.

Leia também...