Famalicão perde no terreno do Covilhã – Jornal do Ave

https://muroplaco.pt/pt

Famalicão perde no terreno do Covilhã

O Sporting da Covilhã conquistou hoje a primeira vitória em casa na Segunda Liga, ao vencer por 2-1 o Famalicão, que continua sem ganhar fora, num jogo em atraso da nona jornada.
Medeiros deu vantagem aos forasteiros aos 20 minutos, de grande penalidade, mas, ainda na primeira metade, aos 30, Harramiz restabeleceu a igualdade e, aos 83, também de penálti, Davidson selou a reviravolta.

Numa primeira parte morna, com ambas as equipas a não arriscarem, talvez por culpa do seu posicionamento na parte de baixo da tabela, escassearam as oportunidades de golo.

O Famalicão, há três jogos sem ganhar, apostou numa estratégia defensiva. Com a formação de Ulisses Morais mais recuada, a equipa de Filipe Gouveia conseguiu chegar mais facilmente ao meio campo adversário, embora em jogadas quase sempre inconsequentes e em que faltou objetividade.

Aos cinco minutos, Mércio impediu que Zarabi inaugurasse o marcador e, depois, Gilberto e Davidson atrapalharam-se na área.

Aos 20 minutos, o árbitro assinalou falta de Gilberto sobre Chico na área e, na conversão da grande penalidade, Medeiros inaugurou o marcador.

Volvidos 10 minutos, os serranos chegaram à igualdade, através de um cabeceamento de Harramiz. Chaby apontou um canto, que nasceu de uma boa iniciativa de Davidson, e o são-tomense, ao segundo poste, saltou mais alto do que os defesas famalicenses.

No primeiro lance do reatamento, os ‘leões da serra’ podiam ter assinado a reviravolta no marcador, mas o remate de Harramiz saiu ao lado do poste.

O Famalicão respondeu com um pontapé de Feliz por cima da barra e, aos 54 minutos, o Covilhã esteve outra vez perto de marcar, quando Harramiz serviu Mike, só que Gabriel negou o golo ao lateral.

Os serranos mostravam-se a equipa com maior pendor ofensivo e, aos 83 minutos, chegaram à vantagem, já com Filipe Gouveia – expulso aos 74 – fora do banco. Davidson foi derrubado na área por Vilaça e, na conversão do castigo máximo, não perdoou.

Já perto do apito final, Davidson podia ter aumentado a vantagem, só que a bola passou por cima da barra.

Lusa

Foto: FC Famalicão

Leia também...