Famalicão lança empreitada para três escolas

As Escolas Básicas de 1.º ciclo de Conde S. Cosme, de Esmeriz e de Riba de Ave vão ser intervencionadas até ao início do ano letivo 2017/2018.

O anúncio do lançamento de mais três importantes intervenções foi feito pelo presidente da autarquia, Paulo Cunha, que espera assim encerrar o ciclo das grandes obras de requalificação no parque escolar do concelho.
Nestes três estabelecimentos de ensino, Paulo Cunha considera as “intervenções profundas e necessárias” e espera que arranquem “logo que possível”. “Os processos nem sempre são decididos com a urgência que desejávamos e existem questões que não dependem da Câmara Municipal, nomeadamente a aprovação de fundos comunitários e de projetos que estão dependentes de pareceres das entidades nacionais, nomeadamente do Ministério da Educação”, denotou o autarca.
Esperando que as obras estejam concluídas no início do próximo ano letivo, Paulo Cunha avançou ainda que, no total, “as três empreitadas envolvem um investimento estimado de 1,5 milhões de euros, sendo que está já assegurada a comparticipação de cerca de 1,1 milhão de euros, no âmbito dos investimentos previstos no ‘Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal do Ave 2014-2020’, sendo cofinanciadas pelo Norte 2020 através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)”.
Nestes casos, a intervenção inclui “obras de ampliação, remodelação e modernização dos espaços, a requalificação dos edifícios e zonas exteriores, adequando às atuais necessidades pedagógicas e de segurança e higiene, melhorando as condições de conforto e aumentando a eficiência energética”. “Para além das remodelações das salas de aula, as diferentes intervenções implicam a instalação ou remodelação de novas salas, salas polivalentes e de professores, bibliotecas, refeitórios e copas, recreios cobertos e campos de jogos”, avançou a autarquia.
Paulo Cunha assinalou ainda que está “a terminar um ciclo de grandes obras no parque escolar do concelho, criando condições para que todas crianças tenham as mesmas oportunidades de ensino, para uma educação harmoniosa e de qualidade”, sendo que este ano as escolas de Requião, Telhado, Meães e Louredo na freguesia de Calendário já beneficiaram de intervenções, num investimento “superior a 700 mil euros”, mas já em 2014/2015 a autarquia aplicou “mais de dois milhões de euros” nas escolas de Lousado, Oliveira Santa Maria, Bairro, Gondifelos e Pousada de Saramagos.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem