Select Page

Famalicão isolou-se na frente, mas desperdiçou dois pontos na receção ao Varzim

Famalicão isolou-se na frente, mas desperdiçou dois pontos na receção ao Varzim

O Famalicão isolou-se hoje, provisoriamente, na liderança da II Liga portuguesa de futebol, mas perdeu dois pontos na receção ao Varzim, ao empatar a zero, em encontro da 15.ª jornada.

Com este resultado, os minhotos, que cederam a segunda igualdade em casa, passaram a contar 34 pontos, mais um que o Paços de Ferreira que é segundo, mas tem menos dois jogos disputados. O Varzim segue em nono, com 19 pontos.

O Famalicão teve um mau início de jogo e só despertou após 20 minutos, perante um Varzim atrevido e perigoso, mas que, aos 22, teve uma grande contrariedade, com a saída, por lesão, de João Amorim, que teve grande influência no jogo.

Os poveiros perderam o meio-campo e o domínio de jogo passou inteiramente para a equipa minhota, que terminou a primeira parte com uma postura muito incisiva e autoritária, dispondo de muitas e boas oportunidades de golo.

Aos oito minutos, um cabeceamento de Silvério para fora foi o primeiro aviso às balizas, mas Fabrício, primeiro permitindo a defesa e Emanuel, aos 21, e depois com um remate ao lado, aos 27, podiam ter marcado.

Walterson (32 minutos) e Willian (36) também tentaram inaugurar o marcador, mas foi Chérif que esteve mesmo perto de marcar, ao isolar-se perante um Defendi já batido, depois de passar por David Luís, mas Ângelo ‘agigantou-se’ e fez um corte soberbo (37).

Antes do intervalo, nota para mais duas tentativas de Willian, ambas nos descontos, mas nas duas, a primeira de cabeça após passe de Sylla e a segunda com um remate forte, o guarda-redes varzinista fez excelentes defesas.

Na segunda parte, o Famalicão voltou as assumir as rédeas da partida e intensificou a pressão na área adversária, mas faltou-lhe precisão e eficácia no último toque, apesar das muitas tentativas, enquanto o Varzim, remetido à defesa, procurou fechar ao máximo os caminhos para a baliza.

Nota para um cabeceamento muito perigoso de Anderson, aos 67 minutos, que saiu ao lado e para um remate por cima de Sylla, já nos descontos.

Jogo no Estádio Municipal de Famalicão.

Famalicão – Varzim, 0-0.

Equipas:

– Famalicão: Defendi, Sylla, Ângelo, Ricardo, David Luís, Pathé Ciss, Hocho, Filipe Oliveira (Anderson, 64), Willian (Mendes, 76), Walterson e Fabrício.

(Suplentes: Gabriel, Raphael Guzzo, Capela, Jorge Miguel, Mendes, Fabinho e Anderson).

Treinador: Sérgio Vieira.

– Varzim: Emanuel, Mário Sérgio, Silvério, Nélson Agra, Amin (Baikoro, 76), Chérif, João Amorim (Estrela, 21), Pavlovski, Jhonatan, Ruster (Júlio Alves, 64) e Ricardo Barros.

(Suplentes: Broetto, Estrela, Nelsinho, Júlio Alves, Stanley, Baikoro e Payne).

Treinador: José Valente.

Árbitro: João Malheiro Pinto (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Willian (30), Pavlovski (38), Júlio Alves (65), Mário Sérgio (73), Emanuel (83) e Ricardo Barros (90+4).

Assistência: 4.165 espetadores.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização