Select Page

Famalicão inspira Brasil para projeto de inovação têxtil

Famalicão inspira Brasil para projeto de inovação têxtil

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) trouxe hoje a Vila Nova de Famalicão uma comitiva de decisores políticos de Brasília para colher contributos para a estratégia de inovação regional que o Governo do Brasil está a desenhar e quer implementar, para já em Pernambuco e focada nas fileiras do têxtil e do automóvel, em mais uma prova do reconhecimento da força produtiva e exportadora do concelho famalicense nestes sectores.

Nesta jornada participaram representantes do Ministério da Integração Nacional e das duas entidades parceiras do projeto “Diálogos Setoriais” que procura uma maior cooperação entre o Brasil e a União Europeia: o CGEE – Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (Brasília) e o IPTS – Institute for Prospective Technological Studies (Sevilha).

A comitiva foi recebida nos Paços do Concelho pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que se fez acompanhar pelos vereadores Ricardo Mendes e Leonel Rocha. Visitou depois duas instituições famalicenses que são referência mundial na investigação e inovação têxtil: o CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário e o CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Inteligentes, bem como a incubadora Famalicão Made IN, a funcionar nas instalações da Riopele, outro gigante famalicense do sector.

Amarildo Baesso, do Ministério da Integração Nacional, disse que o principal objetivo desta visita foi “conhecer experiências que possam ajudar o Governo brasileiro a desenvolver da melhor forma possível o projeto de especialização inteligente em Pernambuco e estabelecer parcerias”.

O Presidente da Câmara Municipal agradeceu a visita e apresentou Vila Nova de Famalicão como um dos concelhos mais industrializados do país, acolhendo a sede de algumas das maiores e mais conceituadas empresas de vários sectores industriais.

Em relação ao têxtil, o autarca sublinhou a importância que tem na região e, em particular, no concelho famalicense onde o sector “tem a grande força de desenvolvimento”. “Vila Nova de Famalicão, como lembrou recentemente o nosso Presidente da República, é um dos poucos clusters têxteis da Europa”, lembrou, vincando o importante papel que o CITEVE e o CeNTI desempenham ao nível da investigação e da inovação, posicionando Vila Nova de Famalicão na vanguarda nacional.

Por fim, Paulo Cunha reafirmou que a autarquia a que preside continua apostada em “colocar a sua força institucional, o conjunto das suas competências e a sua relação com outros atores à escala nacional e internacional ao serviço das empresas, dos empreendedores e dos seus concidadãos”.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização