Famalicão em inferioridade numérica aguenta ‘nulo’ com Benfica B

Famalicão e Benfica B empataram hoje 0-0, num encontro da terceira jornada da II Liga de futebol em que os anfitriões jogaram mais de 45 minutos com 10 jogadores e os ‘encarnados’ foram ineficazes.
Ambas as equipas somaram o segundo empate seguido, num desafio em que a equipa de Hélder Cristóvão, ainda sem vitórias na prova, ficou em superioridade numérica aos 37 minutos, com a expulsão de João Faria, e criou praticamente todas as ocasiões, falhando-as ora por mérito do guardião Leonardo, ora por falta de pontaria.
Depois de um primeiro quarto de hora sem lances de relevo, com as equipas ‘presas’ no meio-campo, os ‘encarnados’, aproveitando as constantes mudanças posicionais dos jogadores mais adiantados, ganhou ascendente.
Jota criou a primeira situação de golo do Benfica B, quando, ao minuto 15, no lado esquerdo, rematou em arco, junto ao vértice da área, para Leonardo evitar o golo com uma palmada para canto, e, depois, Alan Júnior esteve a centímetros de inaugurar o marcador num remate em rotação, após cruzamento de Alex Pinto (21).
As ‘águias’ tentaram, de novo, o golo num livre de Heriberto, aos 27 minutos, mas os anfitriões começaram a reagir e a aparecer na frente, mais pelo lado direito, antes de ficarem em inferioridade numérica aos 37 minutos, quando o árbitro André Moreira mostrou vermelho direto a João Faria, num lance com Alex Pinto na linha lateral, que motivou protestos do Famalicão.
Com mais um jogador, a turma de Hélder Cristóvão recuperou o domínio e ameaçou novamente o golo num cabeceamento de Alan Júnior (43 minutos), antes de, no arranque da segunda metade, ter visto Leonardo negar o golo a Pedro Amaral, num remate de longe, aos 48, e novamente a Alan Júnior, com uma defesa junto ao relvado a um cabeceamento, aos 54.
Até ao apito final, o jogo teve sentido único para a baliza famalicense, mas o Benfica B deixou de mostrar soluções para ?furar’ a defesa contrária, voltando a aproximar-se do golo, apenas num cabeceamento de Rúben Dias, aos 86 minutos.

 

Texto: Lusa
Fotografia: FC Famalicão

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização