Famalicão e Benfica B anulam-se em jogo de eficácia zero

Famalicão e Benfica B empataram hoje a zero, em jogo da 15.ª jornada da Segunda Liga, em que os lisboetas jogaram com 10 durante mais de 50 minutos e marcado pela ineficácia dos locais.
O jogo pautou-se pelo equilíbrio sobretudo na primeira parte e até à expulsão de um jogador benfiquista, quando aos 56 minutos, Gilson viu cartão vermelho direto depois de uma entrada dura sobre o guardião Victor Braga.

Antes, as oportunidades foram repartidas com o Famalicão a atacar preferencialmente pelo lado direito muito graças à velocidade quer de Joel, que chegou a rematar mas ao lado aos nove minutos, quer de Feliz, que esteve sempre irrequieto no ataque dos nortenhos.

Aos 17 minutos, Dálcio cruzou para Heri que rematou ao lado, e três minutos depois, aos 20, Perre respondeu com aquela que foi a principal oportunidade de perigo da primeira parte e também o maior desperdício do encontro, pois, isolado, o médio famalicense atirou ao lado.

Até ao intervalo Gilson, aproveitando a desatenção dos centrais da casa, ainda tentou (24 minutos), seguindo-se um remate de Medeiros com recarga de Feliz (30) que também saiu ao lado.

Na segunda parte, com o Benfica B já reduzido a 10 jogadores por expulsão de Gilson, notou-se o ascendente e maior pressão do conjunto orientado por Nandinho, enquanto Hélder Cristóvão praticamente só viu a sua equipa defender e aproveitar bem a falta de pontaria do ataque minhoto que protagonizou muitos remates mas sempre sem consequências, nem a obrigar grandes defesas.

Depois de tentativas de Medeiros (60 minutos) e Correia (77), Vítor Lima, após combinação com Carlão e Feliz, podia ter feito golo mas o remate saiu ao lado exatamente como aconteceu aos 80 com um remate de Carlão.

Já nos descontos, aos 90+4, André Ferreira evitou, com uma defesa apertada, mas segura que coroou uma exibição muito conseguida, o golo na sequência de um cabeceamento de Carlão.

 

Fonte: Lusa

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem