Famalicão desperdiça dois penáltis e empata com Oriental

Famalicão e Oriental empataram hoje 2-2, na 42.ª jornada da Segunda Liga, num jogo em que os minhotos desperdiçaram duas grandes penalidades e desaproveitaram os resultados de dois candidatos à subida.

O guarda-redes do Oriental, Rafael Veloso, foi decisivo na conquista do ponto para a equipa lisboeta ao defender os dois penáltis batidos por Leandro e Vítor Lima, ambos na segunda parte.

O Famalicão, que já não ganha há quatro rondas (três derrotas e um empate), só pode queixar-se de si próprio por não ter aproveitado a derrota do Feirense e o empate do Portimonense para aproximar-se mais dos lugares que dão acesso à I Liga.

Sem conhecer o ‘sabor’ da vitória há 11 jornadas, o Oriental ainda não desceu matematicamente, mas com este resultado o regresso ao Campeonato de Portugal (terceiro escalão) ficou mais perto.

A equipa lisboeta foi a primeira a marcar, com Leonel a ter só de encostar depois de um passe de Fernando, após jogada rápida pela direita (15), mas a vantagem durou pouco tempo.

Aos 20 minutos, Leandro, na pequena área, desviou de cabeça após canto da esquerda e, quatro minutos depois, o Famalicão passou para a frente: grande passe de Vítor Lima a isolar Mendes e remate rasteiro do extremo.

O Famalicão voltou mais forte do intervalo e Leandro e Vilaça estiveram muito perto de marcar (55 e 60). Na sequência do último lance, o árbitro Bruno Esteves assinalou grande penalidade por falta de Simões sobre Mércio, mas na conversão Leandro rematou de forma muito denunciada (62).

Na resposta, o Oriental também quase marcou, com Diego Tavares, após livre, a cabecear ao poste (64), o que acabaria por acontecer aos 74 minutos com Simões a aproveitar da melhor maneira um primeiro remate de Bruno Aguiar.

Cinco minutos depois, o Famalicão dispôs de novo penálti, por mão de João Pedro na área, mas desperdiçou de novo a soberana oportunidade, com Rafael Veloso a brilhar e a defender o remate de Vítor Lima.

 

Texto: Lusa

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem