Famalicão cria Comité Consultivo da Rede de Incubadoras

Resultado do networking institucional que já caracteriza o programa Famalicão Made IN, a Câmara Municipal vai avançar com a criação do Comité Consultivo da Rede de Incubadoras do Concelho de Vila Nova de Famalicão. O novo organismo – cujo acordo de participação foi aprovado por unanimidade pelo executivo municipal na reunião da passada quinta-feira, 8 de setembro – será presidido pela autarquia e pelo CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, reunindo um conjunto alargado de outras entidades com intervenção relevante no domínio do empreendedorismo e da incubação de novas ideias de negócio.

Os objetivos são claros: aconselhar as incubadoras da Câmara Municipal e do CITEVE na definição de estratégias para o desenvolvimento de serviços de incubação e de aceleração de startups. Ainda, apoiar a planificação das atividades das incubadoras e proporcionar à comunidade serviços de maior valor acrescentado nas áreas técnicas, tecnológicas e de apoio empresarial.

O trabalho colaborativo é aposta em Famalicão quando se trata de empreendedorismo e apoio às novas empresas, o que leva o Presidente da Câmara Municipal a realçar que “o Comité Consultivo da Rede de Incubadoras do Concelho de Vila Nova de Famalicão é mais uma evidência da ligação estreita, permanente e construtiva que a Câmara Municipal, através do Famalicão Made IN, tem vindo a estabelecer com empresas e entidades públicas e privadas, particularmente as que estão ligadas ao ensino, à investigação e ao tecido empresarial, naquilo que bem caracteriza um trabalho em rede que beneficia de um ecossistema empreendedor”.

De resto, é clara a preconização de uma relação próxima do município com as instituições da sociedade civil. O acordo agora desenhado visa também alimentar a boa coordenação entre os membros do Comité Consultivo da Rede de Incubadoras, contribuindo para definir novos horizontes de objetivos e metas.

As outras entidades que compõem o Comité Consultivo da Rede de Incubadoras são: ACIF – Associação Comercial e Industrial de Famalicão; ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave; ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal; Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Médio Ave; CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes; CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário; Famagrow – Associação de Business Angels de Famalicão; Fundação Minerva, Oficina – Escola Profissional do Instituto Nun’Alvres e as empresas Riopele, Kortex, Shiningdetail e Têxteis Penedo.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem