https://autosolucoes.pt/campanhas/

Famalicão conta com mais 200 adultos com competências profissionais certificadas

A Casa das Artes de Famalicão acolheu, esta segunda-feira, dia 21 de junho, a cerimónia de entrega dos diplomas e certificados do processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) escolar e profissional do Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão.

Desta feita, foram 200 os adultos que completaram o seu processo RVCC e que se encontram mais bem preparados para as suas vidas profissionais ou para ultrapassarem a situação de desemprego atual.

Estes adultos foram acompanhados pelo Centro Qualifica de Famalicão e receberam formação através dos polos do Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado, do Agrupamento de Escolas D. Sancho I, do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, da Escola Profissional FORAVE e da CESPU.

Este grupo de duas centenas de adultos concluíram o nível básico – 9º ano de escolaridade –, secundário – 12º ano de escolaridade – e a certificação profissional.

A sessão solene contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, do vereador da Educação, Leonel Rocha, do vice-presidente do Instituto de Emprego e de Formação Profissional (IEFP), António Leite, e da presidente da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, Filipa de Jesus.

Momentos antes da entrega dos diplomas – que foi animada pela Orquestra ARTEDUCA e Conservatório de Dança de Vila Nova de Famalicão –, o vice-presidente do IEFP deu nota que Famalicão é um “concelho de referência nacional na qualificação de adultos” e salientou que esta referência deve ser feita porque “é a verdade”. António Leite aproveitou a oportunidade para destacar que o resultado de Vila Nova de Famalicão no domínio da formação de adultos se deve às opções e ao “trabalho conjunto” entre o IEFP e a autarquia liderada por Paulo Cunha e ao trabalho do vereador Leonel Rocha.

De seguida, a presidente da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, Filipa de Jesus, destacou o facto de o Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão estar no restrito grupo dos centros “com melhor desempenho no país”. Justificou esta distinção com os “indicadores de excelência” do Centro Qualifica famalicense, sempre “superiores à média nacional”. Filipa de Jesus destacou o facto do Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão ser “frequentemente citado como boa prática” por outros Centros Qualifica do país.

O vereador da Educação, Leonel Rocha, recordou a forma como o Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão atua, no envolvimento de todas as entidades da Rede Local de Educação e Formação, através de um modelo integrado e concertado, em polos. O vereador aponta a existência de serviços descentralizados e o o compromisso por parte das parcerias/entidades envolvidas, com vista a assegurar a efetiva implementação das medidas e ações previstas.

A sustentação em fatores de inovação, nomeadamente, na rentabilização dos recursos existentes no território, através da alocação/disponibilização de recursos humanos e instalações físicas necessárias à concretização das ações propostas, de modo a potenciar as sinergias existentes, foram também destacadas por Leonel Rocha.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, agradeceu a todas as entidades envolvidas neste processo de formação de adultos e destacou o facto de aquela ser uma “cerimónia relevante” para o concelho porque se tratava de “um momento muito importante na vida de muitas pessoas”.

Leia também...