Auto Soluções- Campanha verão 2022

Famalicão alarga património de interesse público

O Conjunto Arqueológico das Eiras e a Casa de Santiago e Aqueduto, localizados na zona este do concelho de Vila Nova de Famalicão, encontram-se em vias de classificação como conjunto de interesse público (CIP) e monumento de interesse público (MIP) com fixação de uma zona especial de proteção (ZEP), respetivamente. Os dois projetos encontram-se em consulta pública, de forma independente, até dia 8 de abril.

O Conjunto Arqueológico das Eiras integra o Castro das Eiras e respetivo Balneário, a Atalaia do Telhado, o Castro e Castelo de Vermoim, o Castro de Santa Cristina, a Bouça de Pique e as quatro Mamoas de Vermoim. Trata-se de um conjunto de estruturas e sítios arqueológicos com tipologias e cronologias variadas, que serão agregados numa só classificação para potenciar a sua proteção e valorização. Encontram-se distribuídos pelas freguesias de Pousada de Saramagos, Joane, Vermoim e Vale (São Martinho) e na União das Freguesias de Vale (São Cosme), Telhado e Portela. O projeto de decisão relativo à classificação inclui duas áreas de sensibilidade arqueológica (ASA), que limitam as atividades nesse espaço, de forma a zelar pela integridade dos vestígios arqueológicos lá existentes.

Já a Casa de Santiago, datada de 1730 e localizada na freguesia de Castelões, encontra-se inserida numa propriedade constituída nos primórdios da época moderna, tratando-se de um raro exemplar de arquitetura doméstica do século XVII, embora com acrescentos e melhoramentos realizados no século XVIII. A sua classificação como MIP, inclui a definição de uma ZEP que abrange o Aqueduto de Castelões, pertencente à Quinta de Santiago, dado ter sido edificado com o objetivo de conduzir as duas linhas de água para a casa de habitação e as terras de lavradio da Quinta de Santiago.

Poderá consultar estes processos no website do Património Cultural em www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/classificacao-de-bens-imoveis-e-fixacao-de-zep/consultas-publicas/ano-em-curso/ .

Leia também...