Famalicão abre o apetite para “Dias à Mesa”

Os fins de semana de “Dias à Mesa” estão de regresso a Vila Nova de Famalicão e prometem ser os mais saborosos do ano. O ano de estreia da iniciativa, em 2019, foi de ‘comer e chorar por mais’ e, por isso, este ano a autarquia reforça a aposta num evento que promove a boa cozinha regional, conjugando-a com a agenda de animação turística do município.

A segunda edição dos “Dias à Mesa” foi apresentada à comunicação social, no restaurante Moutados, e traz muitas novidades na ‘ementa’, a começar, desde logo, pelo aumento do número de restaurantes aderentes que, em 2020, se fixa já nos 43.

O número de fins de semana gastronómicos também sobe de 8 para 10, com a introdução de duas novas ações – a promoção do Cabrito, associado à Páscoa, e da Galinha Mourisca, um prato da ementa camiliana que surge associado às Festas Antoninas.

“O que estamos a fazer com a gastronomia é o que outros territórios fazem com as praias, a neve, ou outros fatores. Estamos a pegar naquilo que é nosso, naquilo que é típico e em que somos realmente bons e fazer disso um argumento forte para a atração de pessoas para o nosso território”, explicou ontem o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, no decorrer da conferência de imprensa.

O autarca famalicense teceu ainda rasgados elogios à qualidade dos agentes gastronómicos, culturais e turísticos do concelho e apontou a iniciativa Dias à Mesa como mais um exemplo da forma como Vila Nova de Famalicão coloca os seus principais atores ao serviço da projeção do melhor do concelho.

Mas as novidades não se ficam por aqui. A edição deste ano dos “Dias à Mesa” conta com a introdução de um “Passaporte Gastronómico” que vai dar um desconto de 10% nos restaurantes aderentes às pessoas que carimbem a sua presença no evento de animação associado. Para além disso, no final do ano, há ainda a oferta de um jantar ou almoço para duas pessoas, para os primeiros 20 visitantes que comprovem, através do passaporte, ter saboreado os dez pratos associados à iniciativa.

Os passaportes poderão ser adquiridos e carimbados nos restaurantes aderentes, na Loja Interativa de Turismo e, em alguns casos, nos stands do Turismo de Famalicão presentes nos eventos.

Os primeiros “Dias à Mesa” decorrem já entre 20 e 23 de fevereiro com o Cozido à Portuguesa a acompanhar os festejos carnavalescos. Em abril, o cabrito estreia-se na ementa da iniciativa associado à celebração da Páscoa. Em maio, há dose dupla dos “Dias à Mesa” com destaque para os Rojões por altura da Festa de Maio e para os sabores da Cozinha Internacional a par da Festa Intercultural.

Em junho, a Galinha Mourisca, prato da ementa camiliana, estreia-se no Dias à Mesa associada às Festas Antoninas. O mês de julho divide-se entre as Francesinhas, para acompanhar o Dona Maria Beer Fest, e o Bacalhau, durante a Feira Medieval e Viking. Em setembro, a cozinha Vegetariana e o melhor dos produtos regionais biológicos complementam a Feira Grande de S. Miguel. A castanha é quem mais ordena em novembro, acompanhando as festas em honra de S. Martinho, mas durante este mês há ainda tempo e espaço para as massas, que se conjugará com a realização da Meia Maratona.

DIAS À MESA 2020

Fevereiro

20, 21, 22 e 23 / Cozido à Portuguesa

Carnaval

Abril

2, 3, 4 e 5 / Cabrito

Feira dos Doces de Páscoa

Maio

8, 9 e 10 / Rojões

Festa de Maio: Flores & Trocas

21, 22, 23 e 24 / Cozinha Internacional

Festa Intercultural

Junho

11, 12, 13 e 14 / Galinha Mourisca

Festas Antoninas

Julho

2, 3, 4 e 5 / Francesinha

Dona Maria Beer Fest

9, 10, 11 e 12 / Bacalhau

Feira Medieval & Viking

Setembro

24, 25, 26 e 27 / Vegetariano

Feira de S. Miguel

Novembro

12, 13, 14 e 15 / Carne com Castanhas

S. Martinho

26, 27, 28 e 29 / Massas

Meia Maratona

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem