https://autosolucoes.pt/

Exames, provas e acesso ao ensino superior. Avaliações vão ter as mesmas regras do ano letivo passado

As provas de aferição e exames finais do 9.º ano foram canceladas e o acesso ao ensino superior vai decorrer da mesma forma que em 2020, sem exames finais obrigatórios, só com provas de ingresso. Confira aqui o que esperar das avaliações deste ano letivo.

O Ministério da Educação anunciou esta quinta-feira, na sequência da comunicação do primeiro-ministro ao país, que aferições, provas, exames e o acesso ao ensino superior terão as mesmas regras do ano letivo passado.

Assim sendo, no que diz respeito ao 9.º ano, serão canceladas as provas de aferição e das provas finais.

Já o acesso ao ensino superior faz-se exatamente nos mesmos termos do que no ano letivo passado, ou seja, “os alunos terminam o ensino secundário com a classificação interna, isto é, não fazem exames para conclusão e certificação” e “inscrevem-se e realizam apenas as provas de ingresso que pretendem”.

De acordo com o comunicado, “para continuar o diagnóstico de aprendizagens eventualmente perdidas, essencial para o planeamento de futuras medidas, realiza-se um estudo amostral, para o qual se prevê a utilização dos instrumentos de aferição nas datas previstas”.

Sobre o caso do Ensino Profissional e Artístico, “admite-se a realização de Provas de Aptidão Profissional e Artística à distância, em caso de necessidade, e a prática simulada”.

A cinco de abril regressam ao ensino presencial os cerca de 530 mil alunos do 2.º e 3.º ciclos, que voltam a ter também abertos os ATL. Os alunos do ensino secundário e do ensino superior só voltam a ter aulas presenciais em 19 de abril, anunciou António Costa.

No final de janeiro, o Governo decidiu suspender as aulas presenciais no continente e os alunos tiveram, durante duas semanas, uma pausa letiva. A oito de fevereiro, os alunos voltaram ao modelo de ensino à distância que agora volta a ter um prazo para terminar.

Leia também...