Select Page

Escola Básica de Telhado fica pronta no início do próximo ano letivo

Escola Básica de Telhado fica pronta  no início do próximo ano letivo

A Escola Básica de Louvares, em Telhado, concelho de Vila Nova de Famalicão, vai abrir portas no início do ano letivo 2017/2018 com “condições educativas de excelência”.

A garantia foi dada pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, a 20 de abril, durante a visita à escola, que está “em obras desde o verão passado”. A Escola Básica de Louvares serve “as crianças das freguesias de Telhado, Portela e algumas de Vale S. Cosme”, que, enquanto as obras decorrem, estão a frequentar a Escola Básica 1, 2 e 3 de Arnoso Santa Maria.

Durante a visita, o edil famalicense mencionou “o quanto esta comunidade ambiciona por uma escola condigna e o quanto está ansiosa pelo regresso das crianças à sua escola”. O autarca salientou a importância da intervenção, realçando que se trata de “uma escola centenária”. “Estamos a preservar a memória e a identidade deste estabelecimento, criando condições de conforto e comodidade para que estas crianças beneficiem do que já foi dos seus pais e dos seus avós”, referiu.
A obra, com “um investimento de cerca de 400 mil euros”, implica “a remodelação total do edifício e espaços exteriores, com a construção de recreio coberto, campo desportivo e zona de lazer”, tendo sido “ainda construído um edifício de apoio das instalações com sala de professores, arrecadações, refeitório e copa”.
O presidente da União de Freguesias de Vale S. Cosme, Telhado e Portela, António Matos, elogiou Paulo Cunha pela “coragem que teve de pegar nesta escola centenária e recuperá-la”. Por sua vez, o presidente da Associação de Pais, Vergílio Gomes, salientou que “esta era uma intervenção que há muitos anos a comunidade educativa esperava”, pois “os espaços exteriores estavam muito degradados”.
Neste ano letivo, beneficiaram de requalificação as escolas de Requião, Telhado, Meães e Louredo, na freguesia de Calendário, num “total superior a 700 mil euros”. Entretanto, a autarquia avança em breve com as intervenções nas escolas básicas de Ruivães, Conde S. Cosme, em Vila Nova de Famalicão, Esmeriz e em Riba de Ave.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização