https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

ENSINO SUPERIOR EM SANTO TIRSO COM OFERTA REFORÇADA EM 2021-2022

O ano letivo 2021-2022 em Santo Tirso fica marcado pelo reforço da oferta educativa na área do ensino superior. Esta semana foi assinalado o início das aulas do novo Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) em Motion Design e Efeitos Visuais, estando previsto para muito breve o arranque da primeira edição do CTeSP em Design e Tecnologias para Aplicações Móveis.

 

Ambos os cursos são ministrados pela Escola Superior de Media Artes e Design (ESMAD), alargando assim a oferta já existente em Santo Tirso nas áreas da Tecnologia Mecânica, dos Sistemas Eletromecânicos e da Automação, Robótica e Controlo Industrial, lecionados pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP).

No passado dia 21 de outubro, o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, e a presidente da ESMAD, Olívia Marques da Silva, estiveram na Fábrica de Santo Thyrso para assinalarem o arranque do CTeSP em Motion Design e Efeitos Visuais.

Na ocasião, Alberto Costa não escondeu o contentamento: “Este é um dia que me enche de satisfação, porque aquilo que pensámos e tentámos executar é hoje uma realidade”. O autarca sublinhou, também, que este é um trabalho a continuar, dada a “importância para os nossos jovens, para o desenvolvimento social e económico do nosso município”.

Olívia Marques da Silva considerou, por seu turno, “excelente” para a ESMAD esta possibilidade de estender a sua formação a outras cidades, para além daquelas onde já a instituição já se encontrava instalada (Vila do Conde e Póvoa de Varzim).

“Para além disso, a nossa ligação com Santo Tirso tem sido privilegiada, com um apoio muito claro do município”, disse.  “O grande objetivo é trazermos, também, o ensino superior para Santo Tirso, e a Fábrica de Santo Thyrso tem excelentes condições para os alunos”, concluiu.  

Entretanto, hoje foi a vez de ser assinalado o arranque das aulas dos CTeSP do ISEP, também na Fábrica de Santo Thyrso, tendo o momento sido aproveitado para a assinatura de protocolos entre a Câmara Municipal, o Instituto Superior de Engenharia do Porto e os agrupamentos de escolas Tomaz Pelayo e Afonso Henriques, onde irão ceder oficinas.

O protocolo com o ISEP assegura a continuidade da oferta, em Santo Tirso, dos CTeSP em Tecnologia Mecânica, em Sistemas Eletromecânicos e em Automação, Robótica e Controlo Industrial, num total de seis turmas e cerca de 120 estudantes.

Após a assinatura, o presidente da Câmara, Alberto Costa, sublinhou a importância deste tipo de formação superior num concelho com as características de Santo Tirso. “O ISEP é uma instituição de ensino cujo valor é reconhecido pela sociedade”, destacou, acrescentando que “estes protocolos visam maximizar as oportunidades de formação que o Município disponibiliza à população”.

Alberto Costa salientou que a oferta de CTeSP em Santo Tirso é o resultado de um “trabalho em rede, que envolve o Município, as escolas e as instituições de ensino superior, e tem como objetivo final adequar a oferta educativa à realidade do território, designadamente em termos de empregabilidade e de adequação às necessidades das empresas”.

A presidente do ISEP, Maria João Viamonte, manifestou, por seu turno, “total disponibilidade para estudar novas possibilidades de colaboração que o Município de Santo Tirso considere pertinentes”.

Os CTeSP são uma formação superior de dois anos letivos, que inclui seis meses de estágio numa empresa, ou organização, e visa formar os estudantes com competências para a rápida inserção no mercado de trabalho.

Leia também...