Select Page

Em Vila das Aves, homem alcoolizado de 39 anos agredia a mulher todos os sábados

Em Vila das Aves, homem alcoolizado de 39 anos agredia a mulher todos os sábados

Condenado a dois anos e seis meses de prisão. Estavam casados desde 2000.

A vítima disse ao coletivo de juízes do Tribunal de Matosinhos que era agredida pelo companheiro todas as semanas – principalmente aos sábados, quando o homem, de 39 anos, chegava a casa alcoolizado.

Estiveram casados desde 2000, mas a queixa à GNR chegou apenas a 5 de setembro de 2018.
Aos magistrados, assumiu que agiu farta “de tantas agressões”.

O arguido foi agora condenado a uma pena de prisão, suspensa, de dois anos e seis meses. Tem ainda de pagar 3 mil euros de indemnização à vítima.

O agressor fica ainda obrigado a frequentar um programa destinado à prevenção de violência doméstica.
Estava proibido de contactar com a vítima, mas, no acórdão, o tribunal retirou-lhe essa medida de coação, uma vez que entendeu que, desde que se divorciaram, em janeiro deste ano, nunca mais o homem voltou a perturbar a ex-mulher.

As agressões foram cometidas durante o período de casamento, no interior da casa em que viviam, em Vila das Aves, Santo Tirso. O arguido respondia ainda por violência doméstica contra os dois filhos, mas os magistrados entendem que o crime em causa é de ofensas à integridade física e, como não houve queixa formalizada, foi extinto o procedimento criminal nesta parte do processo.

Uma das situações mais graves ocorreu a 27 de fevereiro do ano passado, quando a mulher, que não conseguia dormir, pediu ao marido para ressonar mais baixo. O homem ficou furioso com a chamada de atenção e espancou-a com murros na cabeça e pontapés nas pernas.

Fonte Correio da manhã

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização