Select Page

Desp. Aves vence e fica a quatro pontos do líder Portimonense

Desp. Aves vence e fica a quatro pontos do líder Portimonense

O Desportivo das Aves recebeu e venceu hoje o Vitória de Guimarães B por 1-0, em encontro da 23.ª jornada da Segunda Liga, reforçou o segundo lugar e aproximou-se do líder Portimonense.

O golo solitário surgiu aos 56 minutos, por Guedes, que finalizou com um remate cruzado e de primeira, num contra-ataque rápido que começou com uma recuperação de bola no meio campo vimaranense.

O Desportivo das Aves soma agora 52 pontos, menos quatro do que o primeiro classificado, Portimonense, que empatou no sábado em Penafiel a dois golos, mas já mais 15 do que o terceiro colocado, a Académica.

Os ‘estudantes’ estiveram a perder nos Açores, onde o Santa Clara se adiantou logo aos 10 minutos, por Diogo Santos, mas, aos 89, Marinho restabeleceu a igualdade.

Com este empate, as duas equipas mantém as posições relativas na tabela classificativa, a Académica em terceiro, com 35 pontos, mais um do que o Santa Clara, em quarto, mas ambos estão mais longe da formação da Vila das Aves.

Em Barcelos, um golo do estreante Hugo Firmino garantiu a vitória do Gil Vicente sobre o Vizela, por 1-0, numa partida em que a equipa da casa teve domínio absoluto na partida e poderia ter inaugurado o marcador logo aos 12 minutos, quando beneficiou de um penálti a castigar mão na bola de Elízio. Na marcação do castigo máximo, Paulinho permitiu a defesa de Pedro Albergaria.

O guarda-redes vizelense foi mesmo a grande figura da partida, que chegou ao intervalo com o ‘nulo’ a imperar e sem que os forasteiros tivessem criado qualquer situação de perigo na área contrária.

Na segunda parte, acentuou-se domínio dos barcelenses, que chegaram à vantagem aos 56 minutos, através de Hugo Firmino, que respondeu bem a um cruzamento milimétrico de Paulinho.

A grande figura na goleada do Leixões ao Cova da Piedade, por 4-0, foi Porcelis, que já tinha ‘bisado’ na visita ao Benfica nos quartos de final da Taça de Portugal, e que voltou hoje a marcar dois golos.

O atacante brasileiro abriu o marcador logo aos 10 minutos, Bruno Bernardo ampliou para os locais logo a abrir a segunda parte, marcando na própria baliza, acabando Porcelis por ‘bisar’ antes de Chiquinho, de cabeça, fixar o marcador aos 86.

Por seu lado, o Famalicão voltou a vencer fora, quase dois meses depois, ao bater o último classificado Olhanense por 1-0, graças a um penálti marcado por Diego Medeiros, aos 35 minutos.

A equipa de Nandinho, que não ganhava desde a 16.ª jornada, a 27 de novembro do ano passado, na Cova da Piedade, em que venceu por 2-1, acabou por impor a quinta derrota consecutiva aos algarvios, numa partida que ninguém merecia ter ganhado, depois de 90 minutos muito fracos.

Ao ‘aflito’ Freamunde valeu um golo apontado por Fausto na segunda parte para assegurar a vitória caseira frente ao Fafe e regressar aos triunfos, depois de uma derrota no terreno do União da Madeira por 2-1.

Já o Académico de Viseu, venceu o FC Porto B por 2-1 e deu sequência à melhor série de resultados na II Liga de futebol, com cinco jogos a pontuar desde que Francisco Chaló chegou ao clube.

Moses, aos 51 minutos, e Paná, aos 71, marcaram para os viseenses, com Rúben Macedo, aos 78 minutos, a reduzir para o campeão em título FC Porto B, mas os três pontos ficaram em Viseu e o Académico saiu provisoriamente da zona de descida.

 

Fonte: Lusa

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização