Desp. Aves perde e distancia-se dos lugares de subida

O Desportivo das Aves praticamente hipotecou hoje a hipótese de lutar pela subida ao perder em casa por 1-0 com o Penafiel, em jogo da 37.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.

Gonçalo Abreu, de cabeça, a meio da primeira parte, apontou o único golo de um jogo que o Desportivo das Aves voltou a terminar com dez jogadores, por expulsão de Nélson Pedroso, na segunda parte.

Mais ousado e rápido nas transições ofensivas, o Penafiel iniciou o jogo por cima, começando cedo a incomodar Quim (2), após uma iniciativa de Caetano culminada com um remate na área que o guarda-redes travou com o corpo.

Depois de ter ameaçado com um remate ligeiramente por cima da baliza anfitriã (8), Gonçalo Abreu fez o único golo do encontro, aos 26, quando, lesto, acorreu a um pontapé de canto de Daniel Martins com um oportuno desvio de cabeça.

Curiosamente, a equipa visitante colocou-se a vencer numa fase em que o Aves estava a emergir no jogo e já depois de Theo Mendy (21) e Guedes (22) tentarem inaugurar o marcador, sem sorte, naquelas que foram as únicas tentativas registadas até ao intervalo.

Os locais regressaram mais assertivos para a segunda parte, mas a pontaria manteve-se deficitária, o que descansou o Penafiel que, agora mais recuado, procurava jogar no erro do adversário.

A terceira expulsão de Nélson Pedroso em cinco jornadas (Leixões na 32.ª, Atlético na 35.ª e hoje) complicou ainda mais a vida dos avenses que logo depois viram o recém-entrado Yero (75) acertar na barra.

Ivo (85 e 90+2), com duas boas intervenções, negou o empate aos avenses que repetem a derrota averbada a meio a semana em Guimarães.

O Desportivo das Aves ocupa o oitavo lugar, com os mesmos 55 pontos do Varzim, a oito do terceiro classificado, Famalicão, que juntamente com o Desportivo de Chaves ocupa um dos lugares de subida, devido à liderança do FC Porto B.

Mais abaixo, na 13.ª posição, surge o Penafiel, com 49.

 

Fonte: Lusa

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem