De Rebordões saía vestuário contrafeito para todo o país

De Rebordões saía vestuário contrafeito para todo o país

Uma mulher de 58 anos foi detida, em Rebordões, concelho de Santo Tirso,por produção e venda de roupa contrafeita. A ação, desencadeada pelo Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento de Santo Tirso da Guarda Nacional Republicana, incidiu sobre uma empresa perante a suspeita de que era produzido e vendido vestuário para lojas da especialidade, como sendo artigos originais.

“Os militares deram cumprimento a dois mandados de busca em duas empresas, que empresas eram utilizadas como plataforma de produção de roupa contrafeita e venda para todo o território nacional”, deu conta o Comando Territorial do Porto, em comunicado.

Na sequência das buscas, foram apreendidas cinco mil peças de roupa, avaliadas num valor de mercado superior a 200 mil euros, cerca de 25 mil estampilhas referentes a várias marcas registadas, várias mesas de corte e costura, material de embalamento e uma viatura.

A detida foi constituída arguida e sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização