https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

Covid-19: Portugal com 1.475 novos casos, 18 mortes e novo aumento de internados

 Portugal regista hoje 1.475 novos casos confirmados de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2, com 18 mortes associadas à covid-19 e um novo aumento de internamentos em enfermaria, que ultrapassaram os 600, segundo dados oficiais.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado hoje, estão agora internadas 628 pessoas, mais 31 do que no domingo, das quais 93 em unidades de cuidados intensivos, mais quatro nas últimas 24 horas.

As 18 mortes registaram-se no Norte (duas), no Centro (quatro), em Lisboa e Vale do Tejo (oito), no Algarve (duas) e na Madeira (duas).

As mortes ocorreram nas faixas etárias entre os 40 e 49 anos (uma), entre os 50 e os 69 anos (três), entre os 60 e 69 anos (uma), entre os 70 e 79 anos (duas) e entre os idosos com mais de 80 anos (11), indica a DGS.

Portugal não registava um número diário de mortes por covid-19 tão elevado desde 18 de agosto, dia em que também se verificaram 18 óbitos.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se entre os idosos com mais de 80 anos (11.964), seguindo-se as faixas etárias entre os 70 e os 79 anos (3.926) e entre os 60 e os 69 anos (1.671).

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 1.123.758 pessoas – 521.164 homens e 601.822 mulheres -, de acordo com os dados da DGS, segundo os quais há 772 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Entre as novas infeções destaca-se a faixa etária dos 40 aos 49 anos (mais 250 casos), seguida dos zero aos nove anos (241), dos 50 aos 59 anos (186), dos 20 aos 29 anos (174), dos 10 aos 19 anos (172), dos 30 aos 39 anos (168), dos 60 aos 69 anos (132), dos 70 aos 79 anos (87) e dos maiores de 80 anos (62).

Entre as 18.339 vítimas mortais registadas desde o início da pandemia, estão 9.602 homens e 8.737 mulheres.

Segundo o boletim da DGS, nas últimas 24 horas, o maior número de infeções ocorreu na região de Lisboa e Vale do Tejo, com 497 notificações, contabilizando esta área geográfica, desde o início da crise pandémica, 432.802 casos e 7.792 mortos.

Na região Norte, registaram-se mais 470 casos, totalizando 424.744 e 5.629 óbitos.

Na região Centro, registaram-se 159 novos casos, perfazendo um total de 154.294 infeções e 3.229 mortos.

O Algarve notificou mais 176 casos, acumulando 46.727 contágios e 499 óbitos.

No Alentejo, foram assinalados 108 novos casos de infeção, somando 41.485 contágios e 1.058 mortos.

Segundo a DGS, a região Autónoma da Madeira contabilizou, nas últimas 24 horas, 62 novos casos, somando 13.846 infeções e 84 mortes.

Os Açores registaram três novos casos, totalizando 9.860 contágios e 48 mortes desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 799 casos ativos, somando 45.759, e mais 658 recuperados, o que aumenta o total nacional para 1.059.660 pessoas.

Em relação a domingo, as autoridades de saúde têm mais 1.179 contactos em vigilância, totalizando agora 44.930.

A covid-19 provocou pelo menos 5.148.939 mortes em todo o mundo, entre mais de 256,91 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse com base em fontes oficiais.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Leia também...