https://www.facebook.com/associacaocomercialindustrialsantotirso/

https://muroplaco.pt/pt

Covid-19: Morreu idoso de lar da Misericórdia da Trofa que soma 39 infetados

Um idoso de 95 anos do lar Alfredo Carriço, na Santa Casa da Misericórdia da Trofa, morreu infetado pela Covid-19 e fizeram testes positivos ao novo coronavírus 18 funcionários e 21 utentes, disse hoje a diretora técnica da Santa Casa da Misericórdia local.

O óbito do utente do lar Alfredo Carriço, segundo disse à Lusa Zélia Reis, “ocorreu no sábado depois de o utente ter sido hospitalizado e testado positivo à covid-19”.

Naquele lar, o surto de covid-19 fez subir o número de cuidadores infetados de dois para 18, ao passo que os utentes com teste positivo subiram de quatro para 21 após ter sido feito um “segundo rastreamento, na quinta-feira”, disse.

“Os restantes 25 idosos testaram negativo”, todos do Lar Alfredo Carriço, confirmou a responsável, observando que “entre os idosos infetados há um ou outro com sintomas ligeiros”.

Zélia Reis referiu que os idosos infetados “foram transferidos para um espaço criado pela Santa Casa”, no antigo Lar da Imaculada Conceição, onde “cumprem o isolamento profilático”, enquanto as cuidadoras “se mantêm em casa na mesma situação”.

No lar Imaculada Conceição, também da Santa Casa da Misericórdia da Trofa, uma funcionária “testou positivo no rastreio feito a 20 de outubro”, o que levou a instituição a testar “todas as demais cuidadoras e utentes, também na quinta-feira”.

“Deram todos negativos”, disse Zélia Reis.

A responsável esclareceu que, no lar Imaculada Conceição se registou a “morte de um idoso” mas que “nada teve que ver com a covid-19”.

O novo coronavírus surgiu também na “creche da instituição”, revelou à Lusa a diretora técnica, revelando que está infetada “uma criança de quatro anos, assintomática e desde terça-feira em casa”.

“Foram isoladas as outras 21 crianças e os dois adultos que as acompanham”, afirmou.

A instituição fez questão de assinalar e agradecer a “prontidão” das autoridades de saúde, no sentido de se realizarem, com urgência, os testes a todos os utentes e funcionários, bem como a ação da Proteção Civil e do Hospital da Trofa com a cedência de equipamentos e bem como a agilidade na realização dos testes e disponibilização dos resultados.

Segundo Zélia Reis, entre testes e equipamentos de proteção individual, a instituição já gastou “cerca de 150 mil euros”.

Casos no Lar Padre Joaquim Ribeiro

No Lar Padre Joaquim Ribeiro, no Centro Social e Paroquial de S. Martinho de Bougado, estão confirmados dois casos de Covid-19, um funcionário e um utente, confirmou ao NT o presidente da direção, padre Luciano Lagoa.

Foram efetuados cerca de 80 testes, alguns dos quais com resultado ainda por apurar.

Luciano Lagoa também quis agradecer ao delegado de saúde e ao Hospital da Trofa, pela disponibilidade e rapidez na ação de testagem.

C/ Lusa

Leia também...