Coronavírus atrasou pagamento de salários no Aves

A SAD do Desportivo das Aves vai regularizar os salários do plantel do lanterna-vermelha da I Liga de futebol até sexta-feira, após os atrasos causados pelo surto de coronavírus, confirmou esta quinta-feira à Lusa fonte do clube.

De acordo com o jornal O Jogo, que cita fonte da administração avense, o investidor e dono da sociedade anónima, o chinês Wei Zhao, não conseguiu efectuar transferências bancárias internacionais a partir do país mais populoso do mundo desde o início do ano.

O avanço da epidemia detectada em Wuhan reduziu ao mínimo os serviços naquela nação do continente asiático, tendo muitos estabelecimentos aproveitado o feriado do Ano Novo chinês, celebrado em 25 de Janeiro, para prolongar as férias dos seus funcionários.

Os jogadores pediram esclarecimentos aos responsáveis do Desportivo das Aves e as verbas requeridas foram desbloqueadas esta quinta-feira, no sentido de regularizar todos os atrasos na liquidação mensal e restabelecer a normalidade no clube de Santo Tirso.

Os avenses ocupam a 18.ª e última posição do campeonato, com 12 pontos, a quatro da “linha de água”, e preparam a visita ao terreno do Famalicão, agendada para domingo, às 20h, na partida de encerramento da 21.ª jornada.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização