CONSULTAS PÚBLICAS DE MEDICINA DENTÁRIA EM SANTO TIRSO COM MAIS DE 27 500 TRATAMENTOS

A existência de consultas públicas de medicina dentária no Município de Santo Tirso já permitiu a realização de mais de 27 500 tratamentos. Restaurações dentárias, extrações e problemas periodontais/gengivais são os tratamentos mais frequentes quer na consulta existente no Hospital de Santo Tirso, quer na consulta da Unidade de Saúde Familiar (USF) Nova Saúde em Vila Nova Campo.

A consulta de medicina dentária no Hospital de Santo Tirso começou a funcionar em novembro de 2018, fruto de um protocolo estabelecido entre a Câmara, a unidade hospitalar e a Cooperativa de Ensino Superior Politécnico Universitário (CESPU). Dirigida a pessoas com carências económicas, as consultas são gratuitas, uma vez que o Município de Santo Tirso assume o custo das mesmas.

“Os resultados desta medida estão à vista. Muitas destas pessoas que recorrem a este serviço, não teriam acesso aos cuidados de saúde oral se não tivéssemos avançado com esta consulta”, defende o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa.

Depois dos atendimentos terem estado encerrados devido à pandemia da Covid-19, os serviços encontram-se, novamente, a funcionar. De acordo com os dados disponíveis, 60 por cento dos utentes da consulta de medicina dentária no Hospital de Santo Tirso são mulheres. Do total de utentes, 29 por cento tem entre 50 e 64 anos e 25 por cento mais de 65 anos.

Já na USF Nova Saúde em Vila Nova do Campo, a consulta começou a funcionar em abril de 2018, fruto de um protocolo entre a Câmara de Santo Tirso e a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), no qual a autarquia assumiu o investimento da cadeira de dentista e a ARS a colocação do médico dentista e de um auxiliar.

“Fomos um dos primeiros municípios do país a aderir a este protocolo, porque consideramos que se deve apostar na prevenção, permitindo o acesso das pessoas aos cuidados de saúde aos mais variados níveis, nomeadamente na área da medicina dentária”, recorda Alberto Costa.

Nesta unidade, de acordo com os dados, 56 por cento dos utentes são mulheres e dentro do universo global, é a faixa etária entre os 35 e os 49 (40 por cento) aqueles que mais procuram os tratamentos, seguidos dos maiores de 65 anos (26,5 por cento).

No conjunto, as consultas de medicina dentária do Hospital de Santo Tirso e da USF Nova Saúde em Vila Nova do Campo já permitiram a realização de 27 621 tratamentos. As restaurações dentárias, extrações e problemas periodontais/gengivais são os tratamentos mais frequentes.

O serviço de saúde oral no Hospital de Santo Tirso funciona de segunda a sexta-feira, entre as 9h00 e as 12h00, sendo necessário a acreditação de acesso à consulta através da Divisão da Ação Social da Câmara Municipal, uma vez que se destina a pessoas com comprovada isenção de taxa moderadora do SNS por carência económica. Já em Vila Nova do Campo, as consultas devem ser marcadas diretamente no centro de saúde, estando sujeitas à taxa moderadora.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem