https://emac.autosolucoes.pt/

Consultas de saúde oral gratuitas arrancam em Famalicão

O Município de Famalicão, o Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) e a CESPU assinaram ontem um acordo de cooperação para a prestação de cuidados de saúde oral gratuitos aos famalicenses mais carenciados.  

As primeiras consultas já estão a ser agendadas e vão ter lugar no Hospital de Famalicão onde foram instalados dois consultórios que o presidente da autarquia, Mário Passos, teve a oportunidade de visitar esta quarta-feira, dia 20 de abril, acompanhado pelos presidentes dos Conselhos de Administração do CHMA e da CESPU, António Barbosa e António Almeida Dias, respetivamente.

O autarca famalicense salientou a importância da parceria estabelecida. “Mais uma vez a Câmara Municipal diz presente quando se trata de apoiar os agregados mais carenciados e fá-lo de forma célere e com custos reduzidos graças a parcerias como a que agora estabelecemos com o CHMA e com a CESPU e que me deixam muito satisfeito”.

Satisfação também ela partilhada por António Almeida Dias. “A partir de hoje o concelho passa a ter apoio na área da saúde oral para uma população que de outra forma não teria hipóteses de aceder a esses cuidados. Estamos muitos satisfeitos com esta oportunidade que reforça a responsabilidade social da CESPU”, disse.

Para o presidente do Conselho de Administração do CHMA, António Barbosa, este serviço vem “resolver um problema grave que é o problema do acesso à saúde oral e, por isso, o CHMA não podia deixar de cooperar e de trabalhar para a sua concretização”.

Refira-se que a colaboração será tripartida entre o município, o CHMA e a CESPU e contará com uma comparticipação municipal global até ao valor de 68.500 euros.

Na prática, o CHMA cede o espaço para a prestação dos cuidados em Medicina Geral Dentária, bem como o pessoal administrativo; a CESPU apetrecha o espaço com os equipamentos necessários e os profissionais de saúde dentária e assegura as consultas e intervenções a preços reduzidos.

À Câmara Municipal cabe o pagamento do valor respetivo de cada uma das consultas, bem como a sinalização, através da sua divisão de Ação Social, dos agregados familiares que necessitam deste apoio social.

Leia também...