“Constatei que a bioquímica era como fazer magia dentro de um tubo de ensaio”

Eliana Moreira Tavares foi a primeira portuguesa a concluir  o mestrado internacional SERP-Chem em Química Física, com especialização em Biofísica. A tirsense de 26 anos está no último ano do doutoramento, em Paris, mas voltar para Portugal é um dos seus maiores desejos.

Reportagem completa para ler na edição 106 do Jornal do Ave.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem