https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

Coletivo invisível em café-concerto no Centro Cultural de Vila das Aves

É já este sábado que o Centro Cultural Municipal de Vila das Aves recebe o Coletivo Invisível para um concerto com início às 21h30. Este é um projeto musical partilhado pelo músico e compositor Samuel Martins Coelho e pelo ator Nuno Preto. A entrada é gratuita mas sujeita a levantamento de bilhete.

O Coletivo Invisível vai atuar num café-concerto no próximo dia 16 de outubro, pelas 21h30, no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves.

O Coletivo Invisível é um projeto musical partilhado pelo músico e compositor Samuel Martins Coelho e pelo ator Nuno Preto. O projeto surgiu em 2017, com o objetivo de juntar os percursos de um músico e de um ator com base numa experimentação de uma nova sonoridade.

Os temas compostos surgem a partir de autores literários e são apresentados em diversos dispositivos cénicos distintos, sendo a dramaturgia e o teatro elementos distintivos.  Para este café-concerto, no CCMVA, o convidado do Coletivo Invisível será o músico Rui Leal.

A entrada é gratuita, mas sujeita a levantamento de bilhete. A bilheteira abre uma hora antes do espetáculo.

Samuel Martins Coelho

O músico tem nas suas raízes a música clássica e, ao longo do tempo, tem vindo a desenvolver uma linguagem muito própria. Dos seus trabalhos fazem parte diversos géneros e universos musicais, desde a música clássica à mais conceptual, dando asas à improvisação e às experiências.

Nos últimos anos tem colaborado como diretor musical, compositor e instrumentista em companhias de teatro. Desenvolve, ainda, atividades para crianças e público em geral, colaborando com vários artistas de dança, teatro e performance.

Em 2017 foi artista residente em Malta, no âmbito do programa da Fondazzjoni Kreattivitá e Valleta 2018. Estudou violino na Escola Profissional Artística do Vale do Ave e na Academia Nacional Superior de Orquestra (Lisboa). Participou no II Curso de Formação de Animadores Musicais do Serviço Educativo da Casa da Música, tendo colaborado como facilitador nos cursos posteriores. Ainda na Casa da Música, realizou workshops e um seminário.

Fez também parte da banda sonora da curta-metragem de Regina Pessoa “Tio Tomás a contabilidade dos dias”. Samuel Martins Coelho venceu o galardão de melhor curta-metragem nos prémios Annie Awards.

Leia também...