Select Page

Chá solidário da ASAS excede expectativas (c/vídeo)

Aproveitando os “caprichos” de S. Pedro, que tem regado bem a Primavera, cerca de 150 pessoas juntaram-se no Hotel Cidnay, em Santo Tirso, na tarde de 9 de abril, para um convívio onde o chá foi o rei e a solidariedade a grande causa.

O desafio foi lançado pela ASAS – Associação de Solidariedade e Ação Social de Santo Tirso – e a resposta não podia ter sido melhor. “Tínhamos um limite de cem inscrições, depois surgiram 120 e nós acabamos por aceitar 150. As pessoas mobilizaram-se com muito carinho”, contou Helena Oliveira, presidente da ASAS. Ao chá de vários sabores que estava à disposição, juntaram-se à mesa as bolachas, os canapés e os bolos, valorizando o convívio que os participantes, maioritariamente do sexo feminino, protagonizaram. E para que a iniciativa tivesse ainda mais sucesso do ponto de vista solidário, a ASAS contou com o apoio do Hotel Cidnay, que não cobrou nenhum serviço e assim o valor das inscrições (cada uma custava 25 euros) reverteu na totalidade para a associação. A administradora do hotel, Anabela Ferreira, já fez parte da direção da ASAS e nela vê uma instituição “muito válida”. Por isso, decidiu ajudar, aproveitando o Hotel. “É uma forma diferente de contribuir e estamos muito satisfeitos pela adesão. Se tivéssemos mais espaço, certamente, mais pessoas viriam. A ASAS merece, pelo que tem feito pelas crianças e pela ação social em Santo Tirso”, destacou. E o respeito que a ASAS acolhe na comunidade ficou patente nesta iniciativa. Ana Teixeira foi uma das participantes e considera que a ASAS, que tem “pessoas muito dedicadas”, está a fazer “um bom trabalho”. Por sua vez, Alice Pinto “sempre” que pode, adere às iniciativas da ASAS, porque reconhece que a associação dá um contributo “importante” para “as crianças desprotegidas o maior conforto possível”. Esta foi mais uma das iniciativas que a ASAS inclui no plano de atividades para fazer cobrir os 25 por cento de financiamento que não são contemplados no apoio dado pela Administração Central.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização