CD Aves eliminado da Taça pelo Paços de Ferreira

O Paços de Ferreira apurou-se hoje para a quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol ao vencer fora e após prolongamento o Desportivo das Aves, por 2-1.

O avançado brasileiro Welthon foi a grande figura do jogo, porque esteve no lance de que resultou o primeiro golo dos pacenses, apontado por Ivo Rodrigues (103), e fez ele próprio o 1-2 final (111), de cabeça.

Os golos sugiram só no prolongamento e quando a equipa visitante jogava só com 10, devido à expulsão, por acumulação de cartões amarelos, do médio Mateus, que no espaço de 12 minutos viu dois cartões amarelos (62 e 74) e o vermelho.

Depois de uma primeira parte sem lances de perigo, o jogo melhorou no segundo tempo e, depois de algumas ameaças tímidas do Paços de Ferreira, o Desportivo das Aves assumiu o domínio e quase marcou aos 67 minutos, quando José Valente rematou forte de fora da área e acertou no poste esquerdo da baliza de Defendi.

O Desportivo das Aves, da II Liga, cresceu e tornou-se pressionante, o Paços de Ferreira recuou e depois passou um mau bocado quando Mateus viu o segundo amarelo, seguido do vermelho, e foi expulso.

Nessa altura, já o treinador Carlos Ponto havia substituído Ricardo Valente e André Leal por Ivo Rodrigues e Vasco Rocha, respetivamente, mas o Paços de Ferreira pouco ganhou com essas alterações até ao final do tempo regulamentar.

O prolongamento foi bem mais animado e o Paços logrou adiantar-se no marcador num lance em que Welthon foi decisivo. O atacante brasileiro venceu um despique individual junto da linha de fundo, já perto da baliza do Desportivo das Aves, e a bola sobrou para Ivo Rodrigues, que inaugurou o marcador.

Com alguns jogadores já em défice físico, o Desportivo das Aves ainda teve forças para empatar, por Leandro Souza. Mas já nada pôde fazer contra o instinto matador de Welthon, que correspondeu bem a um cruzamento de Francisco Ferreira e cabeceou e decidiu o encontro, mantendo assim a equipa da I Liga na Taça de Portugal.

Fonte: Lusa

Fotografia: Vasco Oliveira

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem